banner final

 

Bem chegamos a o final desta fic, desculpe a demora, quero agradecer a quem acompanhou e peço que acompanhem meus outros trabalhos, desculpe os erros do capítulo, mas esta sem a betagem e correção. beijos da Izis

Prometida Final

A batalha

POV Nessie

Eu olhei para todos os lados, o nervosismo tomava conta de meu ser, a brisa que batia em meu rosto me fazia sentir que era real, nervosa? Talvez, eu já pertencia a ele, eu já sentia que era parte dele, no entanto meus sentimentos naquele momento não mediam em uma escala, pois não haveria tal medição que alcançasse o que estava dentro de meu peito.

Olhei mais uma vez pela cortina do meu quarto, observei todos lá embaixo já estavam em posição, a decoração certamente era linda, o vento soprava leve ao qual entrava pela janela.

-Creio que ele não vai fugir.

-Não precisa brincar, sei que sabe exatamente o que se passa em minha mente.

Meu pai sorriu para mim, e se aproximou.

-Você esta linda.

“Obrigado” as palavras mal saiam de minha boca, mas não era necessário nunca fora.

-Não agradeça, só pare com este nervoso sem motivo, estou lendo sua mente à uma hora e não se há vestígio nenhum de medo.

“Não estou com medo”

-Estou feliz.

Sorri em resposta aquele rosto perfeito que me olhava, eu sabia o que era felicidade pois vivi sim, minha grande vida de apenas 8 anos, mas eu podia dizer que neste tempo, eu vi a felicidade nos olhos de meus pais.

Mesmo em momentos de aflição eles estava ali juntos, unidos, o amor que os unia era tão forte quanto o que eu sinto hoje por Jacob.

-Não menospreze o que sente filha, eu estou em sua mente e sei exatamente que é tão forte quanto qualquer amor ao qual se possa sentir.

Abracei-o pela cintura, correndo o risco de levar uma bronca de tia Alice por estar amarrotando o vestido, ou por estar borrando a maquiagem, mas o conforto dos braços de meu pai sempre eram necessários.

-Esta na hora filha.

O encarei, sabia que palavras não precisavam ser gastas, ele me entendia mais que eu mesma.

Segurei firme sua mão, descemos as escadas da mansão Cullen, observei cada detalhe, não era uma despedida, era o caminho de uma nova vida, mas eu estava feliz ao ponto de querer saber exatamente onde cada detalhe estava neste dia.

O vaso de planta que estava na mesa ao lado do quadro de Veneza, o piano que estava voltado para a saída dos fundos, a qual eu corria sempre para chegar mais rápido ao chalé de meus pais.

As estatuas que Esme amava troca-las de lugar mas nunca se desfazer por ser um presente de Carlisle em uma de suas viagens.

Sorri com o pensamento que a  partir de hoje eu estaria fazendo minhas próprias lembranças, minhas viagens, minha vida.

-Sim você vai filha, para sempre.

Meu pai beijou minha testa assim que chegamos a soleira da porta.

-Pronta?

-Como nunca estive.

Ao colocar meus pés para fora da casa sentir o chã debaixo de meus pés, olhei ao redor, e come sei a identificar todos, estava a tribo ali reunida, Lea estava ao lado de Emile e Sam, ela segurava o Bebe, aquele por quem teve seu impringt, sorri ao ver que daqui uns anos a historia se repetiria.

Mantinha-me firme encaixada em meu pai.

Observei Charlie ao lado de Sue, vi também minha luz minha linda filha estava dormindo no colo de Tia Rose ao lado de tio Emmett, Alice sorria ao lado de Jasper.

Muitos de nossos amigos vampiros de longe estavam ali também.

Observei Nolan ao lado de Carlisle e Esme.

Todos sem exceção, ate que meu olhar subiu o campo de visão e vi ele, sim Jacob estava no altar,  ele me encarou sério, mas dois o nossos olhares se encontrarem que ele abriu um sorriso enorme.

Meu pai teve que me conter, pois por mim eu saia correndo ate ele sem medir esforço.

Aquele caminho estava mais longo que o normal.

Quando meu pai entregou minha mão nas mãos de Jacob foi um simples gesto, mas que significava muito.

Jacob e eu já éramos um casal, a prova disso era Sarah nos braços de tia Rose, mas não deixava de fazer este casamento ter seu brilho.

As palavras proferidas foram ecoando e eu simplesmente agi automático com a situação, no entanto meu oração que já era rápido ele, ainda palpitava mais forte ainda.

E quando ouvi que estávamos oficialmente casados e meus lábios se encontraram com os de Jacob a realização fora absoluta.

-parabéns Nessie.

-Obrigado Nolan.

Olhei meu amigo e não resisti eu tinha que abraça-lo.

Jacob nem estava preocupado, seu olhar era somente de alegria diante dos convidados.

Tudo corria perfeitamente, comida, bebida, discursos, dança, tudo que uma festa feita por Alice era digna.

Eu rodopiava ao meio da pista nos braços de Jacob, ate sentir em minha cintura uma mão gelada mais conhecida.

-Posso ter a honra?

-Claro.

Jacob me entregou aos braços de meu pai.

-Já que sua mãe não gosta de dançar.

-Sim eu sei, bem ela nem sabe o que esta perdendo.

-Bella tem uma forma peculiar de ver e encarar o mundo coisas que ela ama e outra que odeia e seu estado de vampira não mudou muita coisa nela, mesmo a coordenação dela estando maravilhosamente em perfeita sincronia

-isso é típico dela, dançar não é umas das coisas que ela começou a apreciar depois de sua transformação.

-certamente que não, assim como compras.- Meu pai sorria ao falar de mamãe.

-Presentes.- eu lembrei-me do dia do aniversário de casamento deles, e meu pai viu esta lembrança em minha mente

-Sério viu como ela ficou no ultimo aniversário de casamento

-achei que ela ia fazer voar longe a chaves do novo carro.

-Não necessita ser boazinha Nessie com sua mãe, eu achei que ela ia fazer o carro voar pela janela.

-E eu não sei.- pendi minha cabeça para trás em uma gargalhada.

-Minha Reneesme.

-pai, ainda Bem que é vampiro, pois acho que teríamos um chorão, aqui em minha frente.

-Filha entenda foi tudo tão rápido.

-eu sei, um vampiro que tem um bebe não é fácil

-um bebe que quase mata sua mãe

-isso é para mostrar quem manda desde o ventre

-Pior foi vê-la crescer de forma única, eu mal me acostumava com a ideia de ter uma filha ela já estava jovem

-E hoje, sou uma mulher.

-Sim eu sei meu amor, uma mulher, mas sempre vai ser minha garotinha, que lutou e passou por muita coisa.

Sim sequestro perca de memoria

-sim isso também

-Os volturi!

-Mas não se preocupe-

-não é verdade olha pai, os volturi estão por toda parte- foi então que ele viu em minha mente e se virou também,

Olhei em volta e comecei a observar em volta e vi vários integrantes da guarda se misturando no meio das pessoas.

-Nessie, encontre Rose, e a faça ir para a cidade com Charlie e Sue agora.

-Pai?

-Faça o que digo, agora, eles querem seu bebê.

Ele mal falou isso e desapareceu rapidamente de minha frente, eu fiz o mesmo e fui encontrar Rose, que estava dentro da casa com Sarah

-Tia Rose

-Que foi meu amor? O que ouve?

Pegue Sarah e tire Charlie e Sue daqui agora

Ela ia me perguntar algo, quando a toquei e mostrei tudo, ela rapidamente foi ate Charlie ele começou a ver a movimentação e se espantou, ninguém mais disfarçava sua velocidade.

-Nessie o que esta havendo?

-Vô, vá com Rose, por favor eu lhe peço, prometo que te contamos tudo, mas vá.

Quando ele estava quase indo vi Demétri indo ate a porta de saída, então direcionei eles por uma porta de acesso ate a garagem .

-Vamos por aqui.

-O que esta havendo?- Charlie estava perdido.

-Vamos Charlie , deixe a menina esta pedindo.- Sue estava ajudando com ele.

-Vô, Sue, – eles olharam para mim e eu encarei firme.

-Sim fale filha.

-Vão com Rose, ela fará tudo para proteger vocês e Sarah, e se não nos vermos mais cuide dela.

-O que? Há não alguém me explica por favor.

Neste instante Emmett já estava na garagem.

-Vamos logo Rose.

-Não Emmett fique você é forte eles vão precisar de você se algo der errado.

-Não Edward me fez prometer que vou cuidar de você de Sarah também.

Rapidamente estavam todos dentro do Jeep de Emmett e saíram por um cainho diferente, eu rapidamente voltei e encontrei Jacob.

-Meu amor, o que estes sangue sugas querem ,e porque estão todos nervosos? E Sarah.

-Jacob, Sarah esta segura, vamos temos que ver com meu pai o que exatamente eles querem ,ele só me disse que querem Sarah

-Sarah, não eu mato estes sangue sugas.

-Jacob calma, vamos ver o que esta havendo

Chegamos novamente no local da festa e todos estavam apreensivos, ate que avistei Caius e Aro vindo em nossa direção.

Todos da família estavam ao nosso lado.

-Aro, o que deseja

-Edward meu caro, estavam em uma festa desculpe chegar sem avisar.

-sim, mas agora me diga o que devemos a honra de sua visita, achei que estávamos tudo bem

-Estamos bem meu caro, mas chegou a nosso ouvido a existência de mais um ser diferente nesta família

-não você não vai por as mãos nele- Gritei em meio estava nervosa ele falava de meu bebe

-Nessie calma.

-Como Calma Edward ele esta falando de nossa filha e quer calma

-Não vamos exaltar os ânimos, mas certamente sabemos que ela é uma aberração da natureza.

-Não é não ela é humana.

Falei alto o bastante.

-Como Humana? Nascida de uma hibrida e um lobo, ela não é humana.

Olhei para os lados, alguém estava me escondendo algo.

-Calma Nessie eu posso explicar

Tia Alice saiu de meio de todos.

-E eu creio que sou responsável.

Nolan também vinha a frente.

-Podem ir falando logo.

-Nessie querida, quando seu bebe estava em seu entre eu a via como humana, mas assim que nasceu a minhas visões ficaram estranhas então tentei organizar

-E o que você viu Alice?

A preocupação invadiu meu ser ela viu algo e não me disse.

-Eu via muitas coisas, um lobo, um vampiro, mas nada se encaixava. Foi ai que eu toquei nela, e senti, e tudo ficou claro, Sarah é mais que especial, mais especial que você, mais que nos todos.

-Como assim especial?

Jacob estava mais que preocupado.

-Eu vi que no futuro ela vai ser um lobo como Jake, mas assim que se transformar ela vai ter a força de um vampiro, ela vai se tronar a mais forte dos híbridos, sendo que pode ser..

-Uma Líder- Jasper estava ao lado de Alice. Ele falava orgulhoso de peito estufado.

-líder de que?

Eu custava acreditar em tudo aquilo.

-Filha entenda sua tia não tinha plena certeza então estávamos pesquisando em todos os lugares e lendas

Superei e encarei minha mãe,

– E ninguém poderia ter ao menos falado nada para mim.

Olhei para Aro, e entendi o que se passava,

-Você mesmo a minha família te ajudando, mesmo tudo que fizeram por você , continua o mesmo egoísta que só pensa no poder, você tem medo não é mesmo

-Nessie desculpe é minha culpa eu liguei para meu pai e contei a ele, mas eu não sabia que ele ainda estava ao lado de Aro.

-Nolan, não importa nada disso agora você viria de alguma forma não é mesmo Aro. Eu o encarava fortemente sabia que de uma forma ou de outra esta perseguição a nossa família nunca iria acabar.

-Que tipo de lenda está falando

Jacob perguntou vi que ele se segurava para não explodir em um lobo agora

-Muitas entre as quais falam de um ser puro que se tornaria a salvação de todos as raças . há muito pouco que se sabe.

-Mas ele sabe não é mesmo Aro

Encarei ele nos olhos.

-Minha cara Nessie vejamos isso são somente lendas eu somente me preocupo com o futuro, ela é diferente.

-Diferente, e única mais única que eu mesma, mas você não encostar um dedo nela.

Neste instante vi Jane estava com algo no colo e logo reconheci, era Sarah

Olhei para os lados e vi que Felix segurava Emmett o prendendo, e Heydi segurava Rose, onde estava meu avô ? onde estava Sue?

Não deu muito para pensar, em instantes foi uma explosão de lobos e todos os presentes da matilha estavam transformados,

E uma luta começou, eu estava perdida, mas meu único objetivo era chegar ate Jane, olhei para minha mãe que certamente estava expandindo seu escudo, dei um olhar para ela, rasquei a barra de meu vestido e corri em direção a Jane,

Vi que ela me seguia então eu voei em direção aquela vampira maldita que me encarava com olhar mortífero neste instante minha mãe pulou nas costas dela, eu rapidamente peguei  Sarah em meus braços,

-Sua vadiazinha eu a livrei da ultima vez agora não vai ter esta sorte

Vi a hora que minha mãe arrancou a cabeça dela, olhei e ela sorria.

Vi que todos estavam com alguém lutando, a guarda não estava toda ali, então a luta estava equilibrada acho que não esperavam uma luta de surpresa, mas se tem uma coisa que desde dos últimos ocorridos era que minha família sempre estava preparada.

E os Lobos também.

Alec ele foi pego por Embry, e Jacob arrancou a cabeça dele.

Caius ele estava sendo rendido agora por Emmett e Rose no instante em que Carlisle arrancou a cabeça dele.

Aro agora estava espantado e não acreditando no que ocorria, ate que meu pai e minha mãe o encurralaram Carlisle chegou e ali eu vi a hora que Carlisle arrancou a cabeça dele, neste instante todos que estavam lutando pararam inclusive quem faltava da guarda

E viram que não tinha mais jeito, todos os grande tinham caído.

Segurei Sarah firme em meu colo, ela nem chorava, lembrei somente de Charlie onde ele estava.

-Meu pai Rose onde ele estra?

Minha mãe estava aflita

-Calma Bella, na hora que eles nos atacaram eles o deixaram ir.

Suspirei fundo e vi quando meu pai fazia uma fogueira com os corpos dos vampiros mutilados.

Olhei meu Bebe estava seguro, e ainda mais sabendo que ela era especial.

Fui para dentro esperei por Jacob que entrava e me encarava espantado.

-O que faremos agora?

-Como assim Nessie? Acabou meu amor

-Não entende Jacob

-Isso mesmo Jacob o que Nessie esta dizendo é que agora o mundo dos vampiros esta sem uma liderança, não há como manter tudo em seu eixo.

-Ela manterá quando crescer

Alice estava ao meu lado, e olhava Sarah com veneração.

-Eu vi, ela é a resposta, ela é especial.

-Mas ela é um bebe?- eu disse indignada

-Então ate lá, cuidaremos de tudo!

Tipo Jasper disse segurando na mão de Alice e olhando todos na sala.

– Como assim? Perguntei sem entender muita coisa

-Irei para Volterra, juntamente com Alice, eu sei como comandar um exercito, e tentaremos manter as coisas em paz ate que ela cresça e assuma o que será dela de direito.

Suspirei eu sabia ser um fardo para minha pequena, mas ela seria treinada e preparada para isso, nós todos  unidos faríamos isso .

Pois todos tínhamos a Eternidade unidos.

 

Anúncios