prometida cap8

 

Prometida cap 8

Volta para Casa

 

POV Reneesme.

Nolan estava contra a parede, minhas lembranças voltavam, e principalmente sobre meus pais, e estar ali com ele que ainda não tinha lembranças antigas, sabendo que ele mentia para mim, estava deixando-me nervosa.

_Nesie, por favor deixe-me explicar.

_É bem isso que estou esperando, um boa explicação.

_O que ao certo você lembra-se?

_Para que você quer saber, quer inventar mais mentiras? Não Nolan, conte-me tudo agora.

_Bem ,vamos lá…

… Nessie, quando minha irmã estava mantendo você refém para atingir e chantagear a sua família, escutei algumas conversar de Jane em que ela não tinha a intensão de entregar você novamente a sua família, não com vida pelo menos.

_jane, estou vagamente com lembranças dela.

_Quando vi que você estava tão afetada com o poder de Selena a ponto de deixar você sem memória, eu vi a oportunidade de te tirar de lá, então inventei a história toda, tirei de você os eu medalhão e a trouxe para cá.

_E onde exatamente estamos Nolan?

_Em uma das propriedades de meu pai, Nessie entenda te trouxe para cá, pois sei que assim que tudo acalmar-se meu pai pode falar a sua família sobre suas propriedades e logo encontrariam você.

_Nolan depois de tudo que você mentiu para mim, não sei se posso confiar em você realmente.

_Nesie, fiz tudo que pude para proteger você.

_Poruqe Nolan, e qual o motivo que você arriscaria tudo contra sua família somente por mim?

Neste instante vi os olhos de Nolan encherem de lagrimas, e ele me encarava, era um olhar terno,  percebi que ele estava realmente falando a verdade, ele aproximou-se de mim e com velocidade ele me abraçou.

_Nesie, em toda minha vida, você foi a unia amiga que tive, eu nunca senti o que sinto por você por mais ninguém.

Ficamos ali abraçados, retribui o aperto em seus braços, era aconchegante.

Nolan afastou nossos rostos, mantendo o abraço, encarei seus olhos, sim eu sentia a segurança de estar ali, Nolan era sim meu amigo, e queria meu bem.

Mas neste instante, algo ficou mais intenso, e quando percebi Nolan colou seus lábios nos meus, de inicio quis relutar, mas logo retribui, no entanto parecia errado, foi quando a imagem de um corpo quente colado no meu, em um beijo lascivo veio a minha mente.

Rapidamente lembrei de um rosto, e um nome, minhas mãos chegaram ao rosto de Nolan, e senti que as imagens que via eram passadas para ele.

Afastamo-nos no mesmo instante, e vi a cara de nojo de Nolan.

_Jake.- Eu disse.

_Você tinha que lembrar do cachorro agora, e pior passar estas imagens para mim, que horror era como se eu beijasse ele.

_Desculpa, acho que esqueci deste meu dom, e Jake!!! Nolan, temos que ir embora, jake deve estar preocupado.

_Não Nesie, você só sai daqui quando soubermos noticias e que esta tudo tranquilo.

_Nolan, como saberemos se esta tudo bem, e não acredito que vá fiar tudo bem.

Nolan estava irredutível, e não queria sair dali, fiquei irritada e sai correndo rumo a o pequeno bosque perto da casa.

 

POV Jacob

 

As informações de Selena nos levaram por muitas propriedades espalhadas pelo mundo, eram várias fazendas, chalés, casas.

Estávamos na américa do sul, no Brasil, perto de onde sabíamos da existência do outro irmão deles, Nahuel.

Lembrei da ultima vez que os vi, afastados da civilização e de tribos presentes na Amazônia, eles viviam em uma pequena cabana, no caminho tínhamos tido um encontro com as Amazonas, o que deixou Edward aliviado por saber que estava entre amigos.

_Olá, Bella, Edward sejam bem vindos, mas sinto falta de sua filha Bella.

Nahuel nos recbia.

_Olá Nahuel, é exatamente dela que estamos atrás.

_O que aconteceu com ela?

_è uma longa história, mas tem a ver com seu irmão Nolan.

_Nolan, o garotinho? Edward eu só o vi uma vez quando meu pai, tentou reconciliar-se comigo novamente, ele disse que Nolan o mudou, eu o conheci, mas ele ainda era pequeno, claro que agora ele deve ser um homem feito pelo tempo, e sua filha também, ow não me digam que eles…

_Não, Não é isto Nahuel.

Pela cara de  Edward o que Nahuel teve em mente era algo que não me agradaria muito.

_A sei, esqueci da tal ligação magica que o lobo tem com sua filha.

Ele neste momento me olhou desculpando-se.

_Estamos atrás de propriedades de seu pai, as quais ele possa estar escondido.

_Te garanto que as daqui da Amazônia eles não estão, estive nas fazendas de meu pai a poucos dias, e estão abandonadas, sabe eu queria dar uma chance para ele, mas não encontrei-o.

_Ele está na Itália.

Eu estava exausto os vampiros não se cansavam, mas meu corpo pedia repouso, no entanto queria a todo custo continuar a procurar Nesie.

_Jacob, vamos hospedar-se em um hotel, assim você pode descançar.

_Não, eu quero encontra-la logo.

_Cansado desta forma não vai conseguir, vamos descanse e depois continuamos.

_Não, eu descanso durante o voo, no avião.

Com a insistência de Bella, hospedamos em um hotel, tomei um banho e dormi um pouco.

Meus sonhos eram preenchidos por Nessie.

“Seu Bobo.”

“Você só sabe me chamar assim?”

“Vem, pare de frescura e vem aproveitar enquanto todos estão caçando.”

“O chão da oficina não era duro de mais nesta hora, seu corpo era convidativo de mais, Rose e Emm estavam com a família em caça, e Nesie acabara de abaixar as portas da oficina, ela rodopiava om seu vestido em volta dos carros, provocando meu instinto de possuí-la, agarrei por seus cabelos, e a completei com um beijo, seus lábios eram a fonte de mel imensurável, eu me deleitava com seu sabor, seu corpo estava entre minhas mãos, que erguiam o seu vestido, revelando suas Coxas…”

_Jacob acho que devemos ir.

_Edward!

Acordei assustado.

_Vamos, nosso voo sai em uma hora.

A Cara de Edward não era muito boa, e Bella estava rindo.

_Que foi?

_Nada, acho que seus sonhos não estavam descentes, Edward não gostou do que viu em sua mente.

Sorri para ela.

_E você não quer pular em meu pescoço por isto?

_Não, o que está feito está feito, e sabe que não sou tão puritana quanto meu marido, Edward aceita tudo isto, mas ainda é adepto  da ideia do casamento a moda antiga sabe disso ná.

_Sei que quando tudo isto acabar ele vai me arrastar para o altar a marra, mas acho que o problema maior vai ser com nesie.

_Porque diz isto?

_Ela é Como você, não quer casar-se cedo.

 

Durante o voo tirei um sono, nada que me levasse profundamente assim meus sonhos estavam seguros, chegamos aos Estados unidos novamente, no estado do Oregon, estávamos perto de casa, Washiton era vizinho, era um estado repleto de florestas, e a propriedade de Johan era entre elas.

Chegamos ao local, e todos ficamos animados ao mesmo tempo que sentimos o rastro de Nesie.

Ela estava por perto.

Meus paços foram apressados, eu queria correr, então transforme-me e corria lado a lado entre a floresta com Bella e Edward.

Foi quando o rastro ficou mais forte, escutei um riacho, ela amava agua, devia estar lá.

Foi quando a avistei, linda como sempre, estava tomando sol e com um livro em mãos, eu não sabia seu estado, visto que esteve sobre o Dom de Selena, não sabia o que encontrar, eu podia transformar-me, mas estava tão eufórico que ao me tronar lobo esqueci de tirar as roupas, e ficaria nú, e sem saber qual sua reação, resolvi aproximar-me em forma de lobo mesmo.

Ela estava ali tranquila, quando sentiu meu cheiro, olhou para mi, primeiro ela espantou-se, mas logo senti o reconhecimento em seus olhos, ela levantou-se, mas logo ela se pos a orrer, e quando ia aproximando-se, ela caiu e desmaiou.

 

POV Renesme.

 

Os dias passaram e eu mal falava com Nolan, eu poderia sair dali correndo e esconder-me, mas não sabia onde ir, estava sem meus documentos, sem dinheiro e sem rumo.

Restava aceitar a situação e fixara li e esperar.

_Onde vai?

_Nolan, sabe que não vou embora, agora pare de me vigiar, eu vou ler um livro em paz, vou até o rio.

_Eu me preocupo Nesie somente isto.

 

Sai correndo, e sentei a beira do riacho, não era como meu recanto eu queria imensamente ver Jake, tere ele comigo, a leitura pouco me distraia.

Minha mente tinha lembranças nossas.

Eu queria caçar para lembrar  dele, mas não conseguia algo estava errado com meu orpo eu me sentia fraca, e pior não conseguia ingerir sangue.

Nolan sugeriu sangue humano, mas nem cogitei a hipótese, era repugnante.

O livro era sobre um casal do casal século passado afastado por suas personalidades fortes, um era arrogante e ela era orgulhosa, ai o titulo do livro “Orgulho e preconceito” amava este livro, era um dos livros da prateleira da mamãe, ela tinha uma pequena coleção que mantinha de quando era humana, papai tinha mais livros, mas gostava do surrados da mamãe, eram velhos e lembravam que humanos tem que ler várias vezes uma coisa para gravar.

O livro em minhas mãos era novo, eu era talvez a segunda a ler.

Senti um cheiro familiar, e logo percebi que era muito mais que familiar, era aconchegante e calmante.

Virei-me e encarei o lobo enorme olhando em meus olhos.

Espantei achando que podia ser fruto de minha imaginação, no entanto era verdade. Podia sentir seu calor ali aquela distância.

Levantei e ia correr até ele quando senti uma tontura, e cai.

 

“estava em um lago gelado, quando o lago ficou quente, eu nadava, e sentia a agua em minha pele, era fundo e ao mergulhar, eu ia cada vez mais fundo, ate me sentir sufocada, a respiração estava difícil, quando senti um impulso forte…”

Abri meus olhos e pares de olhos dourados estavam olhando, reconheci, meus pais, pulei no pescoço de minha mãe, linda e perfeita como minha lembrança estava.

_Mãe que saudades!

_Minha querida.

Ela beijou minha testa,

_Filha seja bem vinda a família.

Sorri a meu pai, mas procurei por outra pessoa.

_Estou aqui meu amor.

Jake estava ali.

_Vem, me de um beijo.

Ele estava com medo.

_O que foi Jacke, porque esta com medo?

_è você que esta com medo, desmaiou quando me viu.

_Jake, su bobo, eu senti uma tontura por levantar rápido só isto, ando fraca ultimente.

Olhei para meu pai que deu uma olhada a minha mãe.

_O que foi? Conheço este olhar.

_Nada de mais filha, contaremos tudo, primeiro temos que voltar para casa.

 

 

Anúncios