Olá aqui estou com mais um capítulo desta fic, galerinha desculpa a demora, mas fica assim: Toda terça pretendo postar, só se acontecer algo eu posto na quarta, beijos e boa leitura:

Aliança

 

POV Reneesme ( Forks)

 

Depois da consulta com Carlisle, fui até ao chalé, entrei, e fiquei ali pensando em meus pais, onde estavam? E porque não me davam noticias, era tão ruim ficar as escuras.

Caminhei até meu quarto que ainda era decorado com toque infantil, como eu costumava ficar na casa grande, ou na casa de Charlie eu quase não vinha mais aqui.

Sentei na minha pequena mesinha, e observei meus objetos, abri a caixinha de musica, presente de minha mãe, e ali estava meu medalhão, presente de minha mãe quando era pequena e achava que íamos perder a luta com os Volturi, A frase que pequena, mas de grande significado, fez eu sentir um aperto no coração, observei a foto de meus pais, e senti a vontade de estar com eles.

Coloquei o medalhão no pescoço, e sai dali, eu não queria ficar assim, ao sair, Jacob se aproximava.

_E ai o que foi? – ele observou meu estado, e como sempre ele me abraçou, era tão reconfortante estar naqueles braços.

_Só estou preocupada com meus pais.

_minha Ness, não fique assim, sabe que seus pais são forte o bastante, eles logo estarão de volta.- ele se afastou observou meu rosto.

_Sei.

_Olha você está usando de novo seu medalhão.- ele tocou em meu pescoço.

_Sim, acho que ele me faz sentir mais perto de meus pais.

_o que você quer fazer?

_bem!!!- olhei sugestivamente para ele, e nem precisou muito, estávamos dento do chalé novamente.

Se beijávamos com intensidade, e logo estávamos em meu quarto.

_Bem nunca inauguramos este seu quarto?

_Jacob Black, na casa de meus pais?

_Ué, é sua casa também.

Nossos lábios se colaram novamente, e logo nossas roupas estavam espalhadas.

Tínhamos sorte que minha cama foi bem reforçada, caímos em cima e Jacob jogava os ursinhos que estavam por cima do edredom.

Era maravilhoso estar em seus braços sentir seu corpo quente, eu me sentia completa.

Nossos corpos eram encaixes perfeitos, e sincronia exata.

Quando acabamos arrumamos tudo, e eu novamente coloquei meu medalhão.

Voltamos a casa grande, e quando ouvi de longe Carlisle ao telefone com meu pai.

Minha audição não era como de um vampiro comum, mas deu para perceber a tenção na voz de Carlisle.

 

POV Edward (Itália)

 

Ao entrar na pequena casa da fazenda abandonada, não soltei a mão de Bella, e percebi que ao observar as figuras ali presentes Bella ficou tensa.

_O que está acontecendo aqui? – perguntei meio relutante.

_Calma Edward eu estou bloqueado como você, e não posso fazer as emoções se acalmarem, mas posso perceber claramente que Vocês estão tensos.

_Claro, o que eles fazem aqui?

Aro, Marcus, Johan, e mais uma vampira Uma das esposas estavam ali todos nos encarando, percebi o porque do bloqueio, Johan com seu poder de bloquear os dons de vampiros, era responsável por isso.

_Meu caro Edward, se acalme, creio que Jasper lhe explicará tudo.

Aro falava com sua voz mansa como sempre, e olhei para Bella que estava rígida, ela não gostava de Aro, e não se sentia a vontade em sua presença.

_É bom mesmo, Jasper o que está acontecendo?

_Primeiro saibam que tomei esta decisão principalmente pensando no melhor, e segundo que é único modo de salvarmos nossa família, principalmente Reneesme.

_Reneesme? O que tem ela? Ela está em perigo.- Bella se manifestou finalmente, e seus olhos escureceram com a preocupação.

_Calma Bella, creio que no momento ela está segura, mas teremos que trabalhar juntos, todos nós.

Jass fez um gesto que incluía os vampiros presentes.

_Você está dizendo para se juntarmos a eles?- a voz de repulsa de Bella era visível.

_Posso explicar a situação para vocês.

_Claro sinta-se a vontade.- fiz um gesto para ele continuar, Alice não desgrudava do braço de Jass enquanto ele contava a situação, e Bella me encarou perplexa, mas eu tinha que ouvir, já que ler suas mentes estava impossível.

_bem, quando Alice viajou para visitar vocês, Jane traçou um plano com Selena, filha de Johan, ela fez com que as decisões tomadas fossem de Selena, que como hibrida Alice não poderia ver, somente quando Alice estava longe de mais para avisar Aro ela tomou a decisão, Caius a apoiou, e então eles tinham um exercito interno, membros da guarda que os apoiaram, assim ela queria matar Aro.

_porque?- Alice sussurrou.

_Por vários motivos, primeiro ela não gostou de deixar de ser a preferida de Aro e desde que você chagou suas atitudes e pedidos era, aceitos sempre, segundo, Caius sempre quis ter mais voz ativa do que Aro, ele não engolia a história de nossa família ficar livre depois do episódio com Reneesme, e por último e sempre o mais importante, é o poder.

_Bem, mas o porque que estamos em perigo?

_Jane e Caius veem nossa família uma força grande, e querem eliminar, quanto a reneesme é puro capricho, e creio que ela ainda não sabe que estou protegendo Aro mas se souber isso pode ficar feio.

_Isso que eu não entendo, o porque proteger ele.?

-Bella estava indignada e apontava para aro com desprezo.

_Depois de tudo que ele fez? De quase eliminar nossa família sem argumento? Depois de sequestrar Reneesme? Depois de levar Alice e você para longe?

-Calma Bella, creio que Jass tem uma explicação.

Percebi que Aro e os outros permaneciam calados, eles estavam deixando Jass à frente da situação.

_Bella, entenda, desde que os vampiros existem eles conhecem o poder, primeiro os romenos, e depois os Volturis, só que os Volturi comandam e mantém a ordem por séculos e tem feito isto bem, o que acha que vai acontecer se Jane conseguir o que quer. Não acha que logo quando a noticia se espalhar não vai haver uma explosão de incidentes, que porão em risco o segredo dos vampiros, quantas vidas tanto humanas vãos e perder. E alias aro apesar de tudo cumpriu sua palavra, e estávamos bem, já Jane não é tão condescendente e ela vai atacar sem dó e nem piedade quem ela julgar uma barreira para seu objetivo.

As palavras de Jass e seus argumentos eram válidos, eu sabia que tudo era assim, se o poder de aro se destituísse sabia que seriamos alvo fácil, e tínhamos que proteger nossa família.

_tenho que ligar para Carlisle, deixa-lo a par de toda situação, e depois traçamos um plano.

-O que você vai aceitar isso? Não vamos nem ao menos discutir?

Bella mostrava indignação em sua voz.

_Bella, entenda o que Jasper disse é verdade, e não podemos deixar com Que Jane assumo, e temos que fazer de tudo para Aro voltar ao trono, só assim podemos garantir a segurança de nossa família, de muitos humanos, e de vários vampiros.

Bella somente assentiu sabia que seria uma barreira ainda isso, mas me retirei e fui telefonar a Carlisle.

Ao telefone deixei a par  Carlisle da situação, e ele me deu uma ideia de onde manter Aro, até resolvermos o que fazer.

_Bem, vamos então todos viajar, Alice e Bella, vocês devem ir a cidade mais perto, sem levantar suspeitas, agora no final do dia, e comprem roupas novas a todos, voltem o quanto antes até a qui depois partiremos.

_Onde iremos? Jasper  perguntava.

_vamos a um lugar onde Jane nem desconfiará que Aro esteja, no momento.

 

Reneesme (Forks)

 

Eu estava aflita com tudo, e exigi de Carlisle informações.

_Diga-me eles estão bem?

_Sim filha, não se preocupe seus pais estarão de volta logo, amanhã eles estarão em casa.

Aquilo era para ser um alivio, mas algo me dizia que ainda tinha mais.

_Você está me escondendo algo?

_Não se preocupem tudo estará resolvido, Alice e Jasper vão voltar com eles.

A alegria me tomou conta, e eu fiquei radiante.

_Jacob eu precisava que você conversasse comigo tenho assuntos a tratar com você.

_Tudo bem.

Eu ia me direcionando junto.

_Querida, acho que tenho algo particular a tratar com  Jacob, você pode ir ver esme, ela está no jardim.

Eles foram em direção ao gabinete, eu podia dar uma de fuxiqueira e ir atrás, mas sabia que eles iam perceber minha presença, então fui até o jardim com esme.

Depois de ajuda-la com as rosas, e outras plantas, entramos no lavar.

Naquela noite estava muito aflita e dormi na casa grande não na casa de Charlie.

Pela manhã acordei nos braços quentes de Jacob, e ele me levou até a escola.

O dia foi lento, as garotas conversavam comigo, mas eu ainda estava com a mente em meus pais queria que acabasse logo, ir para casa e vê-los, tio Jasper eu sentia falta dele.

Depois do ultimo período, Jacob estava na saída me esperando.

_Casa de Charlie?

_Claro que não quero ver meus pais.

Chegamos a mansão ao entrar meu pai e minha mãe estavam na sala, sua fisionomia não era das melhores, mas Alice por outro lado se movimentava decorando a casa com flores.

_Olá a todos.

Alice largou o que fazia e me deu um abraço.

Meus pais repetiram o gesto.

_Que bom, tudo está resolvido, tudo ao normal, agora podemos viver em paz.

_Sim querida, podemos.

Minha mãe respondeu, mas não senti firmeza em suas palavras.

Fiz varias perguntas a tio Jasper sobre como era estar entre os volturis, meus pais cortavam muitas vezes, mas era bom ouvir histórias assim.

Quando me dei conta da hora.

_Acho que devo ir ver Charlie, ele  está preocupado, assim eu digo que esta tudo bem.

Me levantei e ia em direção aporta do fundo.

_Onde vai? Meu pai estava em segundos em minha frente.

_Ao chalé, tenho que pegar umas coisas que esqueci lá;

_Não se preocupe Alice cuida disso.

_não precisa, eu me viro.

Meu pai permanecia em minha frente e não deixava com que eu fosse à cabana.

Anúncios