Tags

, , ,

Epilogo

“O fim pode ser apenas o começo.”

 

Renessme

 

Enquanto todos olhavam perplexos para Alice, eu acompanhei o seu humor, já que eu mesma emanava felicidade por cada poros de meu corpo.

–Tia Alice…você voltou!!!!!

Agarrei em seu pescoço toda animada, ela derrubou as sacolas no chão.

-Calma querida, vai amaçar os presentes.

-como você está aqui?

-Calma eu explico, deixe –me cumprimentar a todos, eu senti muita falta de todos, e você mocinha tem muita coisa para me contar.Alice cumprimentou a todos, entregou presentes e começou a contar o porque veio.

-minha cabeça chegava a doer, quando via Edward, parecia que ele estava sofrendo, e quando ligava todos estavam bem, demorou para entender que era com Reneesme, como não posso vê-la, e ninguém me disse que era tão grave.

Fiquei corada imediatamente, até minha tia foi afetada por meu estado, mesmo a um oceano de distancia.

– e o tio Jasper?

-Isso é complicado, pois quando pedi a Aro  me deixar visita-los ele deixou, só que impôs uma condição, tinha que vir sozinha.

-Ele sabe que você voltaria se Jass estivesse lá!- Meu pai completava.- e como ele anda com a dieta?

-está se portando bem, nós se mantemos afastado quando eles se alimentam, ele até ganhou uma função na guarda, Aro achou uma finalidade para seu dom, e eu estou tentando convencer Aro a deixar-me desenhar roupas novas, aqueles mantos são coisas do passado.

-Só você tia Alice para conseguir se divertir em uma situação destas.

-querida, está sendo divertido, eu só estava preocupada com você, mas quando estava no avião, vi que o futuro de seu pai se clareou, entendi que você estava melhor, e já sei o motivo, e você vai ter que me contar tudo.

Corei novamente, Alice era inconveniente às vezes.

-Tia, não me deixe envergonhada.

-Não é vergonha nenhuma estar feliz com quem amamos.

Fora o fato de que Alice estava apenas de visita, e tio Jasper não estava ali, tudo parecia estar perfeito, ou quase, ficou melhor quando ele chegou.

-Jake!!! Veja quem veio nos visitar!

-Oi baixinha! Conseguiu fugir do Drácula?

-Oi para você também, e vem aqui mesmo com cheiro de cachorro quero te dar um abraço, você fez minha sobrinha voltar.

Vi que jake ficou constrangido e deu uma breve olhada para meu pai, que deu um leve sorriso.

-É agora pode se dizer que Jake é um verdadeiro homem!!!!

-Tio Emmett!!! Dei um soco leve em seu ombro.

Eu estava ficando muito constrangida com esses comentários, então pedi para dar uma volta com jake, tia Rose acabara de chegar da oficina e foi conversar com Alice, eu sabia que depois ia ter que conversar com ela  também sobre meu despertar.

(MUSICA) Adele “ set fire to the rain” “ Eu ateei fogo na chuva”

http://www.vagalume.com.br/adele/set-fire-to-the-rain-traducao.html

 

Estávamos passeando de mãos dadas, como sempre fazíamos antes de tudo.

-Agora  Nesie, voltamos a ser namorados como antes?

-Não seu bobo, agora nós pertencemos um ao outro, vai ser muito melhor.

Ele parou em minha frente e me deu um beijo apaixonado, era bom sentir novamente minhas terminações nervosas eletrizadas com seu toque, pois ao beija-lo eu sentia meu corpo todo queimar, eu busquei a luz e ela estava a todo tempo aqui ao meu lado.

O beijo era tão quente, que minha mente não se controlava, as lembranças daquela tarde não saiam de minha cabeça, eu só queria repetir aquele momento.

-Jake, pare estamos muito perto de casa, e me beijando deste jeito eu não controlo meus pensamentos.

-E seu pai não disse nada.

-só fico feliz de eu voltar a estar feliz, mas creio que ele não gostaria de ficar vendo na mente da garotinha dele sempre essas imagens, então vamos nos controlar.

Ele me apertou com força na cintura, colocou seu queixo em meu pescoço, senti sua barba rala roçar e me causar arrepios, e sussurrou em meu ouvido:

-Você deu a primeira dose de droga e agora que estou viciado em você como vou me controlar.

Ele tirou as palavras de minha boca, eu também descobri um vicio, e não consegui segurar minha mente, naquele momento eu só queria ter Jake em meus braços, o beijei com fervor já que o local não nos permitia outra coisa.

 

( setembro)

– como pôde o ano passou tão rápido, parece que foi ontem você estava indo para seu primeiro dia na escola.

-é lembro de como se fosse ontem, hoje faz um ano de nosso primeiro beijo, no piquenique, lembra.

-claro que lembro, e eu poderia esquecer, você estava linda como sempre.

Estávamos deitados em minha cama no meu quarto na mansão, tínhamos passado a noite juntos, eu estava deitada em seu ombro enroscada em seu corpo.

-semana que vem começam as aulas.

-é acabou as férias, foram tão boas.

-temos que levantar.

-por quê? Eu podia ficar o dia todo.

-Jake, eu nem sei como vou fazer para não ficar pensando perto de meu pai sobre essas ultimas semanas, nós quase não saímos do quarto.

-está reclamando?

-claro que não, só sei que quando ele chegar da viajem com minha mãe, vou ter que controlar minha mente. E Tio Emmett e Tia Rose já estão quase chegando da caça.

-quase bem dito, podemos aproveitar mais um pouco.

-chega jake, eu vou para o banho.- levantei e fui ao banheiro, quando me virei ele estava ali, eu poderia ter olhado aquele corpo pelas ultimas semanas, eu havia decorado cada pedacinho dele, mas ainda me deixava sem folego.

-então vou junto.

Depois de tomarmos banho, descemos para tomar café, deveria ser almoço já que o relógio marcava 12:00.

-Eu vou sentir falta disso.- suspirei lembrando de que quando meus pais voltassem de viajem e o ano letivo começasse nós não teríamos o mesmo tempo juntos.

-Poderia não ser assim.

-como, acho que com meu pai por aqui ele não aceitaria essa promiscuidade toda.

-você falando assim parece algo feio.

-claro que não é feio, é que você conhece meu pai e seus princípios, ele só deixou passar e aceita por causa de..

-sei, não precisa lembrar daqueles dias, mas eu não estou dizendo para ficar por ai se agarrando, eu digo poderíamos oficializar.

Afoguei-me imediatamente com o suco que tomava.

-O…oque? Você não está dizendo o que eu estou pensando?

-Se é em casamento, sim eu estou falando isso.

-Não, Não, é muito cedo.

-como cedo, nós não vamos ficar para sempre juntos?

-vamos, então não da para esperar?

-por isso mesmo, já vamos ficar para sempre, não precisa adiar.

-Não, Não, espere eu terminar o colegial.

-Nesie, pelo histórico de sua família, você ainda vai fazer muitas vezes o colegial.

-Jake..

-Tudo bem eu entendo, só peço que pense, acho que se você ficar sem seu brinquedinho por um tempo você pensa melhor.

-você não faria isso.

-Faria sim. – ele me olhou com malicia, ele faria.

-Então vai ser assim, sem brincar até eu dizer sim.

-acho que sim

-então vamos ver quem aguenta mais.

(***)

Meu pai voltou de viajem e como eu já desconfiava ele não gostou muito do que via em minha mente, mas eu não consegui controlar.

Jake não conseguia manter sua greve por muito tempo, era só o beijo esquentar um pouco, que se esquecia da proposta.

Tia Alice tinha ligado, disse que vinha visitar e que iria fazer uma festa enorme, fazia tempo que não comemorávamos aniversários, ela decidiu fazer uma festa para comemorar meu aniversário e de minha mãe, já que eram praticamente juntos.

Eu tinha até me esquecido como Alice ficava agitada quando organizava festas.

A casa estava linda, todos estavam convidados.

Desta vez Leah veio, ela estava com Samuel Jr em seu colo, ela e jacob eram padrinhos do filho de Emilie e Sam.

Leah tinha deixado toda sua amargura para traz desde que pôs seus olhos a primeira vez em Samuel Jr, como Jake ela também teve um Imprinting com o filho de seu antigo amor.

Todos estavam animados, Tia Alice se superou desta vez, e por mais que estivesse exagerado minha mãe e eu não reclamávamos, Alice sempre seria Alice, e como sentíamos muito sua falta deixamos ela a vontade. Sabíamos que por traz de toda aquela felicidade ela escondia seu pesar por não estar conosco e ainda mais por estar ali e jasper não  estar com ela.

Tudo corria muito bem quando meu pai subitamente parou de tocar piano e correu ao lado de Alice, que estava com seus olhos distante.

Sim ela estava tendo uma visão, e pela cara dos dois não era boa.

Só ouvi quando ela disse:

-Volterra, Jane.

-Eles querem o trono de Aro, – meu pai completava.

-Há não… Jasper…

 

 

Notas Finais:

Olá a todos, e ai o que acharam deste final?

Bem, venho anunciar que está em projeto a continuação desta fanfic, isso mesmo em breve teremos o livro 2, eu só espero que aguardem o final de Paixão em Forks 2, assim eu me dedico a esta fanfic.

beijos a todos Izis.

 

 

 

Anúncios