Tags

, , , ,

17 E Agora?

Jacob

Depois de uma longa noite com Ness aos berros tendo pesadelos.

Uma reunião com a família Drácula, eu tinha de achar uma forma de mostrar a Nesie que eu não queria mais tempo algum.

Mas primeiro fui conversar com Edward, tentei ao máximo esconder meus pensamento e concentrei no assunto principal.

-Edward o rastro está me preocupando muito.

-Jacob você está fazendo o máximo que pode, eu sei que vai conseguir proteger a todos, e nós estamos ajudando.

-Mas eu me preocupo com..

-A Ness, eu sei, se for um hibrido sei que só pode estar atrás do rastro dela, e assim por isso Alice não consegue vê-lo.

-entendo, vamos dobrar os cuidados.

-E jacob, tem outra coisa..

“ai, ai,”

-Pelo que vejo, você tem razão, não preciso saber, depois que decidirem venham falar comigo.

“como???”

-jacob, a Ness acabou de ser bloqueada pela Bella e sei que quando ela faz isso quer esconder algo, e você fica forçando sua mente em outras coisa, então seja o que for, sei que vão falar comigo, quando acharem necessário.

Ri com isso, o cara ta ficando bom, ele nem precisa ler os pensamentos.

Logo Ness saiu pela porta e me chamou para um passeio.

– E ai? Vamos passear?

-claro, – Eu precisava conversar mesmo com ela, só me faltava a coragem.-

Fomos a dentro nos limites das terras e caçamos, como sempre ela se superou, estava animada, e mesmo com seus pesadelos vi um brilho diferente em seus olhos.

Após a caça, ficamos observando o fim do dia chegar. Eu estava pensando na melhor hora para começar a falar.

(Musica)

http://  www.vagalume.com.br /bruno-mar s/ just-the-way-you-are-traducao  .html

Bruno Mayers “Just The you ar.” “Exatamente como você é.”

-meu pai sempre disse que essa e a melhor hora do dia, O crepúsculo.

-qualquer hora é a melhor quando estou com você Ness.

-então agora chega!!! ( Agora ela começou)

-chega de que?

-chega de fingir, chega de promessas eu desisto.( ela sempre me deixava confuso)

-Ness você esta fazendo de novo me deixando confuso.

-olha Jack, não tem jeito melhor de explicar.

Ela me encarou com aqueles olhos castanhos intensos, e novamente não foi preciso esforço ou palavras, a gravidade agia a nosso favor. Ela estava em meus lábios.

Foi minha resposta sem mesmo ter feito a pergunta, sim ela era minha, e sei que teria ela todos os dias de minha existência. Ela era minha Ness, eu a amava. Sem medo ou culpa, ela era minha Ness.

Linda, perfeita, meu presente, meu milagre, depois de tanto sofrimento, essa era a maior recompensa, o amor mais puro, mais magico.

Ela não estava cuidadosa, ela estava entregue, seus dentes afiados mordiam meus lábios inferiores era tão bom.

Eu sabia que nunca haveria ninguém tão perfeito para mim, nem para ela.

Poderíamos ficar assim eternamente, eu estava aonde deveria estar, aonde era meu lugar, em seus braços.

Quando estávamos sem folego, ela parou.

-e agora ness? – eu já sabia a resposta, mas queria ouvir .-

-Eu te amo, te amo, te amo- ela deu um salto e gritou- EU TE AMO JACOB BLACK. Ela saltitava, perfeita e linda-E não quero mais tempo quero só você, para sempre..

Era tudo que precisava ouvir, era tudo que eu queria falar, coloquei-me de pé e repeti a maior verdade de todas.

-Nesie, minha nesie eu também te amo.

Nos beijamos novamente, agora mutuamente sem duvidas, eu poderia ficar ali por minha eternidade.

Eu podia sentir a confirmação de nosso amor, em seus batimentos sempre acelerados, em seu cheiro.

A noite chegou, e junto às estrelas, nada era maior que a beleza de Nesie, continuamos nos beijando por um bom tempo, não era preciso palavras.

Estávamos ali, estava observando o céu e agradecendo meu presente, ela estava calada deitada em meu peito .

-E agora?( ela quebrou o silencio.)

-agora o que ness?

-você vai ter que pedir ao meu pai para a gente namorar.( pensei no que Edward me disse, só que conhecendo como ele pode ser melodramático.)

-Ainda bem que eu me curo rápido.

(***)

A parte de contar para Edward foi tranquila, fiquei ao lado só observando suas reações mesmo já sabendo de que não tinha escolha, ele fazia seu teatrinho, fiquei bem calado, Nesie disse que se eu fizesse uma gracinha ela me matava.

-Tudo bem Bella, eu só posso dizer isso, espero que sejam muito felizes, e jacob se magoar minha Renenesme, eu vou retirar cada membro de seu corpo, parte por parte,

Ele falou esta ultima parte me encarando bem nos olhos, ele se retirou resmungando algo sobre ela só ter 6 anos.

-Reneesme querida,

-O que meu namorado?

-pare sua boba, não me deixe sem graça.

-é foi tranquilo.

-foi, espero não ficar estranho.

-não vai, agora ta perfeito. – ela me deu um selinho nos lábios.-

-pare antes que seu pai queira mesmo arrancar meus membros.

-Ele não faria algo que me magoasse, e ele tem que acostumar com meu namorado.

Ele pegou minha mão e fomos ate a frente de casa.

-Já que você vai dormir aqui, acho que vou para a ronda, vou redefinir para podermos sair amanha.

-aonde vamos?

-ao nosso lugar especial, vamos fazer um piquenique novamente.

-Meu recanto!!!- Ela me deu um beijo terno.- então boa noite, meu Jake.

Sai do perímetro dos cullens sentindo que deixava parte de mim com Ness, agora entendia como Edward e Bella não conseguiam se separar.

Quando cheguei para ronda Shet estava preocupado.

“Jake, temos um problema o invasor apareceu, mas não conseguimos acha-lo.”

“Ele não foi embora?”

“Não Jake, ele está em algum lugar, e não conseguimos acha-lo.”

“coloque todos na ronda, não vamos dormir até acha-lo”

“então agora o jacob é um cara comprometido.”

“é um cara sério.”

“já tava na hora.”

“Vocês podem parar de fofocar da minha vida, e prestarem atenção no rastro.”

“Cara acho que já foi embora.”

“não pode ter ido, estamos com cada canto cercado.”

A noite foi longa, e nada do invasor, mas com todos cercando cada lugar sabíamos que ele não tinha ido embora.

“Seth, vou à casa dos Cullen, vou pedir reforços, e vou avisar a Nesie que não vamos passear, esta perigoso enquanto esse invasor esta aqui.”

“tudo bem.”

Fui ate a casa dos cullen,  cheguei e nesie me recebeu com um abraço.

-Jack!!!! A que horas vamos??

-oi ness, eu preciso falar com você sobre isso.

-que foi?

-acho que vamos mais tarde, o rastro está forte e acho que o encurralamos , estou com todos na ronda agora e vim chamar reforço de seu pai e tios.

Ela ficou irritada, eu sabia que nesie era difícil para aceitar as coisas, mas eu não poderia ceder o caso era grave.

-Reneesme , Jacob esta certo, a matilha precisa da liderança. Edward tentou acalma-la.

-não, eles estão em muitos, porque tem que ser assim?

-Nesie querida, teremos oportunidade.

Ela não ouviu mais nada saiu correndo e bateu a porta do quarto.

-Jacob, deixe-a depois vocês conversam, vamos temos coisas mais importantes.

Justo ele, que sempre pois Bella em primeiro lugar me pedindo isso.

-Eu estou colocando ela em primeiro lugar a protegendo.

Fomos à floresta, e o rastro nada dava.

Minha mente só vagava, eu não me concentrava por completo precisava ver ela, acalma-la.

Ao mesmo tempo sabia de minhas obrigações com a matilha, o invasor não dava mais sinal, estava muito bem escondido.

“Meu deus Jake, pare com isso queremos se concentrar.”

“Como conseguem patrulhar quando o alfa não está concentrado.”

-que novela mental, sempre achei interessante essa conexão, mas eles tem razão, você está atrapalhando. –Até Edward percebia minha destanção.

“cara até você eu já não aguento todos se metendo.”

-Jacob, vá converse com ela.

“Não dá, a matilha precisa do alfa.”

“Jake você só está atrapalhando, sua mente não está aqui.”

-Vá Jacob.

Não pensei muito, eu queria mesmo vê-la.

Corri muito até chegar à mansão.

Depois de me transformar entrei.

-Alice posso subir falar com ela?

-só um minuto, ela não saiu do quarto deve estar chateada, vou avisar que você esta aqui.

Ela mal subiu e já apareceu na escada.

-Jacob, Renessme sumiu.

Meu coração quase saltou pela boca, nem pensei sai imediatamente correndo.

Anúncios