Tags

, ,

galeria ai vai mais um capítulo, gente estou super inspirada com esta fica, por isto está rápido, mas não queiram me matar quando eu demorar, pois sempre que a inspiração chega eu escrevo….

beijinhos a todos  e passem lá no blog Lana Aguiar que tem capítulo fresquinho de                                      Os Caçadores:

http://lana-aguiar.blogspot.com.br/2012/08/os-cacadores-capitulo-12-coracao-valente.html

Noticias

Pov Edward

Ao encerrar o ano letivo, terminava um dos momentos que eu podia vê-la.

Já fazia semanas desde que vi Bella pela última vez, no baile de formatura, eu olhava a foto que tiramos juntos como rei e rainha com pesar, era a única recordação que guardaria dela, além é claro da memória perfeita de vampiro.

Alice não conseguia ver seu futuro, desde que decidiu ficar com aquele cachorro, o que me deixava aflito.

-Irmão, pare de se torturar, o que acha de viajar?

-Não vejo graça em viagem alguma.

-E alguma faculdade para distrair.

-Nenhuma que me agrade .

-Edward, você esta me dando nos nervos com esta melancolia, e além de não ver futuro de Bella, o seu está se apagando como se você não tivesse expectativa alguma devida.

-deve ser isso mesmo Alice, agora me deixe em paz, vou caçar para passar o tempo.

Estava difícil de se concentrar na caça, eu fui para bem longe de casa, Pumas e leões da montanha, davam muito trabalho e assim me distraiam um pouco, fiquei  extremamente saciado, mas senti um rastro diferente, e ao mesmo tempo familiar.

Sim era ela, foquei minha mente e fui atrás, e diferente do que a imaginei não fugiu, pelo contrário ela se aproximou. ]

Diminui o ritmo e o rastro ficou forte.

-Tânia,o que faz aqui?

Sem mesmo ela responder,sua mente focou no motivo.

-Perdão!!1 você se acha digna de perdão depois de tudo que fez?

-fui egoísta Edward, e agora eu sei, estraguei nossa amizade por ciúmes.

-se fosse somente o ciúme, mas você quase matou Bella e ainda criou uma vampira e nos obrigou a mata-la.

-Edward, por favor, pelos anos que nos conhecemos.

Sua mente lembrava de vários momentos que passamos juntos, e principalmente nossa intimidade.

-Edward, e… – ela pensou em Bella e com pesar.

-Não estamos juntos, se é o que quer saber.

-por que?

-é complicado.

-então…- ela se aproximou e sua mente focava agora em mais que perdão, ela viu uma chance novamente .

-NÃO!!! A parei imediatamente- eu não sou o mesmo Edward inconsequente que você conheceu, que não pensa em seus atos, e não quero errar de novo com você.

Tânia ficou furiosa e se retirou, nada em sua mente mostrava que iria voltar.

Me coloquei a correr até em casa, e nenhum sinal de Tânia.

Ao me aproximar, vi a caminhonete de Bella encostada em frente a mansão.

Eu evitava encontros assim, eu tentava estar longe de situações que me colocassem na tentação de seu corpo.

Mas depois de semanas sem a ver, se quer por alguns minutos eu tinha que pelo menos ter o prazer de observa-la.

Ao colocar o pé na escada já ouvia sua conversa com  Alice.

-Alice quero que se encarregue de tudo.

-Deixa comigo Bella, você terá a melhor festa de todas.

-Alice, só vai com calma o dinheiro é curto.

Coloquei a mão na maçaneta e abri a porta, elas estavam muito distraídas, e eu ouvi mais um pouco.

-Não se preocupe eu como  madrinha providenciarei tudo.

Foi quando entendi a conversa, e Alice ao perceber minha presença tentou evitar pensamentos, mas não foi rápida o suficiente a palavra CASAMENTO ecoava em sua mente.

Minha promessa se esvaiu de minha mente e não pude conter minha reação.

-NÃO!!! Bella você não pode. – peguei em seu braço sem medir a força.

-Edward, você está me machucando. – Soltei um pouco a pressão, mas não seu braço.

A encarava com muita raiva.

-Vamos temos que conversar.

A levei pela escada, praticamente arrastada, até meu quarto e a virei para mim.

-Como você pode fazer isto, você é tão nova.

-Edward isto não é da sua conta, eu fiz uma escolha para minha vida, e vou vive-la.

– E assim? Casando com alguém que não pode lhe dar um futuro?

-Edward, desde que fiz minha escolha, você sabia que este podia ser o resultado.

-Mas não tão rápido, não antes daquele cachorro ter um imprint por alguém.

-um o que?

-Um Imprint, ele não contou para você esta parte de ser um lobo?

-Não como assim? O que este tal de imprint tem a ver com meu casamento?

-Bella, é algo mágico, é uma forma de os lobos encontrarem a parceira certa, se apaixonando verdadeiramente por alguém, ele não te contou isto? Ele pode ter esta  mágica e ai você como fica?

Bella ficou pensativa e abaixou a cabeça.

-E você vai se arriscar a se casar e logo ser abandonada?- com minha mão levantei seu rosto e a encarei, vi em seus olhos refletida a duvida, e minha chance surgiu, dane-se minha promessa era agora ou nunca.

-Edward eu …- Não a deixei falar.

Meu corpo foi sugado pelo seu e a beijei. Bella retribuiu o beijo.

(***)

POV Bella

Quando cheguei a casa de Alice e perguntei se Edward não estava, talvez meu medo fosse exatamente este de que ele tentasse me fazer mudar de ideia.

A história deste imprint me pegou de surpresa e quando decidi protestar, tudo aconteceu.

-Edward eu …

Ele não me deixou terminar, sua boca colou na minha e sua língua invadia minha boca, deixei ele me beijar, pois dizia a mim mesma que seria a última vez.

As mãos dele roçavam a lateral de mau corpo, e seus beijos estavam cada vez mais ávidos, me fazendo arfar, ele se separou de mim para puxar o ar, e seus lábios agora estavam em meu pescoço.

-Adoro sua pele quente e cremosa.- eu me abracei a ele, como se suplicasse piedade.

Ele se afastou me encarou.

-O que á com você Bella? Se solta, eu sei que você quer.

Continuai olhando seus olhos dourados, ele me puxou para o sofá de seu quarto, minha pernas estavam enroscadas em seu corpo, e ele me encarou por alguns minutos , em mim uma guerra estava acontecendo, de um lado a Bella que queria continuar e que fosse até o fim, e do outro a Bella sensata que queria parar aquilo antes que fosse longe de mais.

Ele levantou meu rosto ate que seus lábios os encontraram, o beijo foi aprofundado e a coerência foi para o espaço.

Ele me deitou  no sofá e retirou minha camiseta, senti seus lábios percorrerem minha pele seminua, minha jugular, meu pescoço, chegando a meus seios e mesmo por cima do sutiã ofeguei. Suas mão chegaram ao fecho de meu sutiã, e meu coração já não estava quieto.

Retirando meu sutiã sua boca estava neles, e meus bicos já duros de prazer, ele com sua língua gélida me causava arrepios.

Seus beijos foram descendo e encontrou, o botão de minha calça como barreira, ele imediatamente estava abrindo, e fomos interrompidos por meu celular tocando na sala de baixo, e Alice batendo na porta.

-Que merda!!!! Edward soltou um gruído.

-Bella!!! È o Jake no telefone, é a segunda vez que toca!!!

Segunda, eu não escutei antes, talvez por estar entorpecida.

Levante e tentei me livrar de Edward.

-=Aonde vai? Não terminamos!

-Edward isto tudo é um erra!! Chega eu já fiz minha escolha.

Juntei minha camisa, me recompus e logo abri a porta, Alice estava no corredor com meu celular na mão, e logo tocou.

-Alo?

-Bella, o que ouve? Já estava indo invadir a cripta da sanguessuga pra te resgatar.

-|Nada, Jake, eu não ouvi o telefone estava no silencioso.

-já resolveu tudo, temos outras coisas para resolver ainda.

-já estou indo embora.

Desliguei o telefone, e encarei Alice que estava com olhar de advertência para mim.

-Bella, não brinque com fogo.

-Alice foi um deslize, mas não aconteceu nada, e espero não se repetir.

-Melhor mesmo , pois meu irmão está meio sem futuro no momento, e descobri o que pode ser!

-O que?

-Se vocês continuarem a brincar com fogo, alguém pode ser queimado, aquele cachorro do seu noivo pode querer se vingar de Edward se vocês… Sabe o que eu quero dizer.

-Sei… Abaixei a cabeça, pois eu sabia que eu era errada em deixar Edward  mexer comigo deste jeito .

Voltei para casa e Jacob já me esperava, ele estava conversando com meu pai.

-Charlie, não se preocupe, eu estou providenciando a lua de mel perfeita.

-Ai garoto, nem me fale esta palavra, que não gosto de imaginar o que acontece em uma lua de mel.

-olá , estou vendo que estão me esperando para o jantar.

O final de tarde foi tranquilo, mesmo eu estando com minha consciência pesada.

Meu pai se retirou após o jantar e foi ver um jogo, e eu fiquei ali com a louça, e Jake comigo.

-E ai como foi a tarde na casa da Alice?

-Bem.- por mais que meu coração estivesse esmagado com o que aconteceu com Edward algo me veio a mente.- Jake, o que você tem a dizer a respeito de um tal de imprint ?

O prato que estava na mão de Jake caiu.

-Quem te disse??… a sei foi aquele sanguessuga, ele estava lá? Você me disse que só ia na casa deles quando ele não estava…

-Não mude de assunto Jake, o que é este imprint, e você ficou muito nervoso! Porquê?

-Bella, é só uma lenda!

-igual a lenda de você virar lobo, igual a lenda de que a Leah virou lobo, igual a todas as lendas de sua tribo que no fim são verdadeiras.

-Bella, esse imprint é só para quem não encontrou o verdadeiro amor, e eu já te encontrei.

-Jake, então pare logo com esta coisa de lobo, e assim meus medos sumirão, eu não posso casar com duvida de que você possa me deixar, por este imprint.

-Bella, eu te prometo, vou deixar de ser lobo assim que possível.

E eu confiei nesta promessa.

POV Edward.

A agitação de Alice era incontrolável, todos os dias á via  correr atrás de bife, musicas, decoração.

Minha agonia era incontrolável, por mais que eu soubesse o que estava acontecendo, preferia eliminar de minha mente.

Desci a  escada e o que era a sentença final de meu atestado de óbito estava em cima da mesa.

Uma imensa lista de convidados.

Não me restou alternativa, me dirigi ao piano, e uma melancólica melodia saia dele, e se não bastasse, a última facada tinha que vir.

“irmão, tenho um envelope para você.”

Alice até em seu pensamento estava tímida.

Peguei de suas mãos, e pelo cheiro, dava para perceber que este envelope vinha diretamente dela.

MUSICA:Stay Away

The Honoray title

http://www.vagalume.com.br/the-honorary-title/stay-away-traducao.html

Dentro uma carta:

Edward.”

“Sei que seu coração foi partido, e sei que se pudesse parar estava morto agora.”

“Mas quero que entenda  minha escolha, e entenda que seu mundo não é para mim.”

“Imaginei diversas vezes eu velha ao seu lado e você ali perfeitamente lindo e jovem, imaginei um casamento, mas como explicar a todos a falta de envelhecimento de meu marido? “

“Bem , também cheguei a imaginar uma possibilidade de ser como você, mas com este tratado que vocês tem com os lobos, isto não daria certo, e viver sem minha família não é algo que suportaria.”

“  meu desejo por você não é tão forte a tal ponto.

“E  Jake, quanto ao tal de imprint, não se preocupe ele disse deixar de ser lobo assim que possível.”

“Apesar de tudo, não quero que nos distanciemos,porém tenho medo de minhas reações ao seu lado, entenda meu convite e fique a vontade para  recusar.”

“ Você sempre será parte de mim um grande abraço.”

“De sua Bella”

 

Minha mão amassava o envelope quando percebi que dentro ainda tinha algo.

Um convite de seu casamento:

“Jacob Black e Isabela Mary Swan”

Aquilo era demais, a ultima frase escrita à caneta pela própria Bella:

Espero que seja meu padrinho de casamento.”

Sai pela porta em direção à floresta sem rumo correndo.

Correr passaria o tempo, e nem passava por minha cabeça participar deste teatro todo, não conseguiria ver Bella entrando no altar.

Musica:

Stay Away The Honorary Title

Are you not the slightest bit confused?
Just the truth
The speed at which we move blends so well
It’s too soon

Separate yourself from what compels you to relinquish us
Push your way on to me, entirely
Stay away from me, stay away from me now
Less you gonna see, less you gonna see me out

No, I can’t dance less it’s slow or sad
To a song that’s far less obvious
You using me, do it slowly
Make it last until I have to go

Trust me when I say just a few more weeks
Don’t move
Resist temptation
Or do you see fit, just choose

Separate yourself from what compels you to relinquish us
Push your way on to me, entirely
Stay away from me, stay away from me now
Less you gonna see, less you gonna see me out

No, I can’t dance less it’s slow or sad
To a song that’s far less obvious
You using me, do it slowly
Make it last until I have to go

No, I can’t dance less it’s slow or sad
To a song that’s far less obvious
You using me, do it slowly
Make it last until I have to go

No, I can’t dance less it’s slow or sad
To a song that’s far less obvious
You using me, do it slowly
Make it last until I have to go

Stay away from, stay away from, stay away from me

Stay away from, stay away from, stay away from me

Stay away from, stay away from, stay away from me

Stay Away (tradução) The Honorary Title

Você não está ao menos um pouco confusa?
Apenas a verdade
A velocidade com que nos misturamos tão bem
É muito cedo

Se separe do que te obriga a nos abandonar
Empurra seu caminho pra mim,completamente
Fique longe de mim,fique longe de mim
Menos você vai ver,menos você vai me ver sair

Não,eu não posso dançar menos lento ou triste
Uma música que está longe de ser óbvia
Você está me usando,use-me lentamente
Faça isso durar até eu ter que partir

Confie em mim quando digo “apenas mais algumas semanas”
Não se mova
Resista à tentação
Ou você entenderá,apenas escolha

Se separe do que te obriga a nos abandonar
Empurra seu caminho pra mim,completamente
Fique longe de mim,fique longe de mim
Menos você vai ver,menos você vai me ver sair

Não,eu não posso dançar menos lento ou triste
Uma música que está longe de ser óbvia
Você está me usando,use-me lentamente
Faça isso durar até eu ter que partir

Não,eu não posso dançar menos lento ou triste
Uma música que está longe de ser óbvia
Você está me usando,use-me lentamente
Faça isso durar até eu ter que partir

Não,eu não posso dançar menos lento ou triste
Uma música que está longe de ser óbvia
Você está me usando,use-me lentamente
Faça isso durar até eu ter que partir

Fique longe,fique longe,fique longe de mim

Fique longe,fique longe,fique longe de mim

Anúncios