Tags

, ,

Proteção

http://www.vagalume.com.br/rosi-golan/think-of-me.html#traducao

POV Jacob

Depois de discutir com a Ness, eu não pensei em nada só me transformei, e sai correndo, na floresta com o vento soprando eu pude pensar melhor, porque eu fiquei nervoso, fui eu que falei do tempo não podia ficar exigindo nada ela tinha que viver um pouco, eu vivi fiz minhas escolhas e minhas escolhas e atitudes me trouxeram aqui, estava tão concentrado em meus pensamentos que nem percebi a plateia.

“ Eca cara que nojo, agora vai ser assim, vou ter que aturar suas filosofias do amor “

Paul estava irritado

“é vai se acostumando, Jack nunca muda” Embry o encorajava.

“Antes eram as baboseiras de Bella pra lá Bella pra cá agora com a Ness.” Leha também entrava na discussão.

“vocês podem parar eu já estou quase ai”

Usei meu tom de alfa e funcionou, agora que Sam tinha tomado à decisão eu já ouvia o pensamento de todos.

Chegando à clareira todos estavam lá em forma de lobo, somente Sam permanecia em forma de homem, sentamos todos nas patas traseiras para ouvir o discurso de Sam.

-garotos, não preciso estar na mente de vocês para saber que estão um pouco confusos com minha decisão, mas creio que com um bando tão grande e agora com o tratado renovado com os Cullem temos novos aliados, assim tenho a certeza que com a liderança de Jack vocês vão ser bem guiados, eu agora vou ser pai, e se abandono meu posto é que confio a minha vida e de minha família nesta matilha.

E com este discurso e abraços Sam se despediu de seu papel de líder.

Depois eu redefini fronteiras e distribui turnos.

À noite passamos tentando decifrar o rastro na floresta, quando me aproximei do território Cullen Edward estava lá me esperando.

-jacob?

“sim Edward, já sei que vai brigar comigo por hoje a tarde.”

-Eu não vou brigar, esse fim de semana você fez Ness muito feliz, e mesmo que ela não saiba ainda você é parte essencial na vida dela, eu vim te pedir algo.

“o que ?”

-Jacob, sei do tempo que Ness pediu, ela tenta esconder, mas eu fuço muito a sua mente, sabe eu como pai tento controlar só…

“-Só que você quer ter certeza de que nada esteja fazendo mal a ela, Edward eu sei, pois tudo que você sente eu sinto, só que de uma forma diferente.”

-então você entenderia se eu te pedisse que não de este tempo, quer dizer de este tempo, mas de forma discreta, não deixe de  protege-la,

“não precisa nem pedir”

-eu sei que não precisa, mas só para você saber que eu dou total apoio para você protege-la, principalmente com essa coisa que não sabemos o que é.

Depois de conversar com Edward fui para casa e depois de uma boa noite de sono fui à casa dos Cullen tinha que ver Ness.

-oi, já ia tomar café sem mim hoje?

-Jake!!! Ela pulou em meu pescoço. Você não está bravo??

Era obvio que ela não estava brava.

– claro que não sua bobinha, e me desculpe por ontem, eu é que sou um idiota  às vezes, sabe é muita COI..

-Pare, eu também nem sei falar as coisa direito, vem senta comigo vamos comer.-

Comemos quase em silencio. Ate ela ir ao carro. .

-Nesie, é sério desculpe, eu te disse que iria te dar tempo, deixar você ser uma adolescente normal, e como você diz temos muito tempo.

-é temos sim,temos tanto tempo que para variar temos que brigar um pouco, qual seria a graça de se viver para sempre e ainda nunca ter uma briguinha..

Jacke riu de minha conclusão

-é o que seria de nós se não houvesse a reconciliação.

Rimos junto

-mais uma cois Ness,

-que foi Jack?

-Não quero ser chato, é só preocupação, viva sua vida como achar melhor, mas tome cuidado tá, como você disse eu terei muitas responsabilidades agora e não vou poder te proteger a todo tempo.

-Há Jack, eu vou me cuidar eu prometo!!

Depois de Nesie entrar no carro eu segui rumo à floresta e antes chegar ao território quileut o rastro estava ali e fresco, então segui o mais rápido possível.

Ao correr percebi que os outros que estavam na ronda já tinham percebido também então tracei uma estratégica nova.

“-Quil, você esta perto da praia corra para lá.”

“Paul você vai para as montanhas”

“Embry vá para os limites de forks na estrada 01.”

“Leah corra em minha direção ao norte do território dos Cullen, hoje pegamos o invasor.”

Meu plano era perfeito se os outros que estavam de folga estivessem aqui poderíamos aumentar o perímetro.

“-Quer que eu chame o Collim”

“Não precisa, não há tempo eu sinto o rastro perto.”

Foi quando cheguei às mediações da praia de la push Quil estava lento e não havia chegado ainda, vi de longe o invasor, ele não era forte e de longe não se diria que era um vampiro , não vi seu rosto só vi quando pulou na água, e céus era rápido, eu só me lembro de vampiros rápidos assim.

“Há cara desculpa não consegui chegar a tempo.”

“Calma garoto. Ela vai voltar sempre volta e se não voltar melhor.”

“Jack você esta errado só em uma coisa.”

“O que?”

“Não são só vampiros rápidos na água, Ness também.”

É claro, como não pensei nisso, o cheiro do invasor, ele não é igual a nada, pois não é rastro de vampiro e como Ness esta sempre conosco o seu cheiro é característico e único em nosso faro assim não dava para perceber, vamos todos se reunir temos que achar um plano se é um hibrido tentando invadir os Cullen tem que saber.

“Talvez ele não queira fazer mal se o quisesse já teria feito.”

“Ele esta atrás dos Cullens e eu só penso em um motivo para uma criatura assim estar tentando chegar perto.”

Nossos pensamentos em sincronia fizeram eco em minha cabeça.

“ NESIE”

“Eu não posso permitir.”

“Mas como você vai protege-la cuidar da matilha e além do mais você prometeu se afastar.”

“Eu tenho um plano.”

A noite fui ate a casa de Charlie precisava falar com ness, chegando lá a janela estava aberta então pulei.

-oi! Desculpe não vir antes eu tinha que redefinir os turnos dos rapazes.

-tudo bem você esta aqui agora.

-só não posso ficar muito tempo, na floresta tem ..

-Há jack eu não gosto destes assuntos.

-só que eu vou ter que te falar, como eu não vou estar muito com você não quero você na floresta sozinha.

-até parece, agora vai da uma de pai?

-Ness, é sério, há algo lá e estou me preocupando de não conseguirmos pega-lo.

-ta legal vou me cuidar. Você não pode ficar mesmo? Ela fez aquele biquinho,eu morria de vontade de ficar mas estava preocupado com o invasor.

-Ness, – fechei os olhos com força eu prometi- tempo ness lembra.

-posso te perguntar algo?

-claro

-como você fica quando está longe de mim

-pirralha você quer me matar né, eu sofro muito, é claro, só que falei sério quando disse que se você quer tempo eu te darei, olhe Ness, eu sempre estou perto tá mesmo estando longe. Era impossível, eu nunca entendia o que realmente ela queria, eu ficaria aqui se pudesse, mas não podia eu tinha que cuidar dela de outra forma .

Dei um beijo em sua testa e corri em direção a floresta fui até a casa dos Cullen, eu  já havia dito a seth para vir e passar a nossa desconfiança para eles então fui para decidir o que faríamos.

Edward já estava a minha espera.

-Oi Jack, como Ness esta?

Pensei em minha visita de alguns minutos.

-è bom pedir para ela ficar longe da floresta mesmo, entre, quer dizer fique humano antes.

Me transformei e vesti meu short, entrei na sala.

-Ai que horror, você poderia tomar um banho antes de entrar aqui, logo depois de você se transformar o cheiro é pior.

-Ei rose: Sabe a diferença entre o computador e uma loira?

-Chega Jacob temos coisas mais importantes a resolver!!!- Edward me cortou._

Depois que resolvemos as redefinições de fronteira eu e shet íamos sair quando Emmett me chamou.

-Ei Jack

-que foi?- me virei eu estava entediado e cansado.

-Por favor, qual é o final da piada essa eu não sei?

Edward do outo lado da sala com Bella riram e Rose se levantou e deu um tapa na cabeça de Emmett.

-Que foi??? Eu fiquei curioso.

-è que o computador você só precisa passar informações uma vez só.

A piada já tinha perdido a graça, sai com Seth.

-Ei Jack porque essa implicância com a loira?

-Nada não é só diversão.

A semana foi muito longa o trabalho aumentou com a matilha maior, mas tudo já estava em perfeita ordem, eu vigiava Ness de longe me certificando de que não fosse a floresta sozinha.

Na sexta eu sabia do tal passeio e mesmo que fosse longe de forks era longe de mim e da sua família.

Decidi ir vê-la, quando cheguei ela estava na cozinha preparando seu café da manha.

-Oi!!! Ela virou todo cereal nas roupas me segurei para não rir.

-Que susto, Jacob seu idiota agora tenho que trocar de roupa.

-Ué, você nunc a se assustou comigo, está distraída?

-é que eu não te esperava, você tem andado meio..

-distante?

-olha Ness, não quero que pense que estou afastado..

-Jack, não precisa se explicar, eu sei que anda ocupado com as tarefas novas.

-que bom que entende Ness, eu vim por que..

-por causa do passeio?

-mais ou menos, eu quero que se cuide hoje, mas vim aqui porque quero te fazer um convite.

-um convite?

-o fim de semana, quer passear comigo de novo?

-Jacob…

-Ness eu sei do tempo, mas é só para distrair, e só se você não tiver nada marcado.

-eu não tenho nada marcado.

-então isso é um sim?

-é, agora eu vou me trocar antes que chegue atrasada.

Ela subiu para se trocar e depois de dar-lhe um beijo na testa de despedida meu coração começou a disparar eu não a via tão perto há tanto tempo que chegava a doer.

Então tive um plano.

Anúncios