Tags

, , , , ,

galerinha ai vai o último capítulo…

aviso para quem não gostar não queiram me matar antes de verem a surpresa no final…..

entendam que esta fic iniciou-se com o propósito de ser apenas uma versão quente de crepúsculo , mas ela tomou rumo próprio e me deu asas para mudar os acontecimentos, e antes que eu tagarele de mais vamos lá…

beijos e curtam

26 Escolha

POV Bella

A história de cair no banho foi bem aceita e logo eu tiraria o gesso.

Agora que não estávamos com o risco de vampiras pelos arredores, Jacob me visitava todas as noites e ficava até eu dormir.

O contato intimo ainda era restrito, mas só o fato de adormecer em seus braços me satisfazia.

Edward  continuava a insistir no baile.

E Alice, a ajuda dela em meu salvamento nos aproximou, assim se tornamos muito amigas, e alem de Ângela agora Alice andava conosco.

O Baile era assunto geral, e Ângela estava contente por ter recebido um convite e insistia para que eu fosse junto.

Numa tarde fomos ver vestidos estava a ajudando a escolher o dela, mas resolvi provar um, ficou perfeito.

O valor do vestido certamente daria dois pagamentos inteiros de meu pai, no entanto eu só estava provando, caminhando pela calçada ao final do dia encontramos Alice.

-O que faz aqui?

-Compras, para o baile.

Alice estava entre as marquises e com o fim da tarde não tinha sol.

(***)

O famoso dia do baile chegou, eu estava sem o gesso e decidida a não ir, Jacob decidiu ir embora mais cedo.

-Porque vai embora mais cedo?

-Bella vá ao Baile.

-Porque Jacke? Eu já disse!Eu não vou.

-Bella, há coisas que temos que fazer e uma delas é fazer  escolhas, e você Bella vai ter que escolher um dia.

Após Jacob dizer estas palavras ele se despediu com um beijo mais intenso que os de ultimamente .

Ele evitou demonstrar, mas sabia que parte de mim ainda pensava em Edward, e ele tinha razão, estava na hora de eu escolher.

Entrei no banho e deixei minha mente vagar em lembranças.

Musica:

http://www.vagalume.com.br/lana-del-rey/blue-jeans-traducao.html

Blue Jeans: Lana Del Rey

 

“-Jacob, pare de me assustar ou eu conto para sua mãe”

Jacob e eu sempre fomos amigos, e sempre fomos muito íntimos. Quando sua mãe morreu tentei ser a melhor amiga:

“Jacob, sei que está sofrendo, _ eu o abracei,- lembre-se que pode contar comigo.- nossos olhos se cruzaram e foi quando nos beijamos pela primeira vez.”

Quando voltei a Forks:

“-Bella! Que saudade! Você não mudou nada.

-Não posso dizer o mesmo de você! O que houve?

-Nada, só estou trabalhando e malhando um pouco.

-Ual!!! “ eu disse em voz alta, que mancada .” imediatamente fiquei vermelha.

-Retiro o que disse você esta cada dia mais linda.”

“-Eu peço desculpas, mas tenho que dizer que me lembro daquele beijo a cada dia.

-Jack!

-Não Bella, eu tenho que dizer, foi mágico e nunca senti co ninguém o que senti naquele simples beijo.

-Foi meu primeiro beijo, sabia?

-O meu também.

Ele se colocou ao meu lado e pegou minha mão e voltamos a caminhar.

-Você estava com alguém em Phonix.

-Não, quer dizer nada sério.

-Então tinha alguém?

-Não, sabe como são os garotos hoje em dia, hoje beijam você amanha outra e nada sério.

-Eu não sou assim.”

Após nos beijarmos na arvore, que foi quente o bastante para me fazer tremer as pernas e meu coração começar a aquecer com seu nome.

Mas minha memórias me levavam ao meu primeiro dia de aula, conhecer Edward me trouxe algo novo e mágico.

Nosso primeiro contato foi constrangedor.

“Durante a aula ele me encarou com um olhar intenso aquilo estava passando dos limite eu tinha que fala com ele mas minha voz se perdeu, quando a aula terminou tentei sair tão rápido que tropecei em algo, mas atrás de mim estava Edward, ele me segurou.

-Cuidado você tem que olhar por onde anda.  –sua voz era como um sino, seu hálito era doce e estranhamente gelado.”

Mas o que me fez ficar intrigada mesmo foi a primeira vez que me fez sentir-se extremamente em êxtase foi atrás do  ginásio:

“Quando estávamos atrás do ginásio, e ninguém por perto ele segurou meu pulso e me girou, deixando minhas costas na parede, me encarou com aquele olhar agora escuro, um arrepio de medo percorreu minha espinha.

-Bella, me diga o que você está pensando?

-Agora!! São tantas coisas, o porquê de estarmos aqui?

Ele fechou seus olhos, e logo os abriu, ele me encarava com olhar de frustração como se quisesse saber algo.

Eu não entendia o que ele queria comigo, mau me conhecia e me arrastou ali atrás da escola, sem ninguém por perto, lembrei de que Jessica disse que ele teve problemas em sua antiga cidade e se mudou, meu medo aumentava.

Ele chegou perto de meu pescoço e sentiu meu cheiro e sussurrou em meu ouvido.

-Não sei quem você é Isabela, só sei que se existe inferno você é o meu.

-O que você quer dizer com isso.

-Você despertou em mim algo que não sentia há muito tempo.

Fiquei tentando entender o que ele dizia, mas era inútil ele ali tão perto não conseguia nem pensar direito.

-E.. O.. Que seria?

-Desejo!”

Este desejo o levou a se afastar de mim, e o levou a Tânia, o que depois fez que me causasse problemas, mas após sua volta ele se entregou a experiências:

“-E hoje, você veio aqui para fazer o que?- ele parecia me hipnotizar.

-Matar minha curiosidade! Queria fazer uma experiência, quero provar algo! – meu corpo ficou imóvel, o que ele queria? Experiência? De que tipo?”

Eu sentia sua mão fria, mas com todas as partes de meu corpo eletrizadas, era uma sensação tão boa, sua mão desceu a minha clavícula e foi parar em meus seio, e em seguida parou em minha cintura.

-Seu corpo é perfeito.

Eu mantinha-me calada, queria curtir o momento, como durante o dia na clareira, ele parecia querer decorar meu corpo.

-Posso testar uma coisa?

OMG, o que ele queria, eu não queria parar, imaginava aonde isso iria chegar.

Ele me segurou com as duas mãos em minha cintura, chegou perto e seu hálito me causava calafrios.

Fechei os olhos, ele se aproximou lentamente.”

Mas também me lembrei de que ele me abandonou e isso trouxe espaço para Jacob entrar, e foi com Jacob que tive minha primeira vez, foi Jacob que me tornou mulher.

“Meu coração estava acelerado, ele foi bem lentamente introduzindo seu membro em mim, logo a dor passou dando lugar a um prazer imensurável.

Fechei os olhos por um instante, mas ao abri-los me deparei com os olhos de Jacke me encarando, apoiando-se com os cotovelos, uma de suas mãos acariciou meu rosto.

-Bella, você é linda. – seus olhar era intenso carinhoso.

Seus movimentos eram lentos, com muito cuidado, o prazer que sentia ia cada vez mais aumentando.

Agora eu estava realmente entregue a Jacke, ele percebeu que relaxei e intensificou seus movimentos, eu com minhas mãos cravava minhas unhas em suas costas, ele gemia juntamente comigo, seu calor me fez suar.

O carinho deu lugar a luxuria, eu abria mais minhas pernas dando passagem a jacke, eu me arqueava.”

Depois,mesmo estando afastado ele me mostrou a sua preocupação comigo.

A minha primeira vez com Edward foi tão maravilhosa, mas ao mesmo tempo me trouxe um arrependimento que em nenhum momento eu tive ao estar com Jacob.

 

Eu sabia que os dois me amavam, e sabia que eu os amava, bastava eu decidir qual amor valeria a pena, qual me completaria e a qual eu poderia estar mais segura .

 

(***)

Minha cabeça girava com tantas lembrança, cada peso cada medida, cada sensação, e meu coração…os dois eram tão diferentes e ao mesmo tempo ocupavam lugares iguais em meu coração.

Entrei em meu quarto e fiquei perplexa ao olhar em cima de minha cama, ali estava um vestido, e não era qualquer vestido, era justamente o que eu provei na loja.

Em cima um bilhete?

“Se você resolver ir… este fica perfeito em você…

                                                                             Edward.”

Vesti, me encarei no espelho, e tive a intensa visão de como seria ser a Sra Cullen algum dia, mas todos os empecilhos vinham a minha mente.

Desci as escadas certa de que iria ao baile, e de que minha escolha estava feita, estava tudo muito claro em minha mente e em meu coração.

Meu pai se espantou ao me ver toda produzida.

-Ué, você não ia ficar em casa?

-Resolvi ir ao baile.

-e vai sozinha.

Antes mesmo de eu abrir a boca para falar algo, ouvimos batidas na porta.

Atendi e logo dei de cara com ele.

-Boa noite, vejo que está pronta e gostou do presente.

A voz aveludada de Edward fez meu coração disparar.

Ele pegou em mina mão e após cumprimentar meu pai ele me direcionou ate o carro.

-Como você.- gesticulei para o vestido.

-Me perdoe, mas a vi provando na loja, achei um desperdício ele não estar nesse seu corpo.

O restante do caminho fomos calados.

POV Edward.

Enquanto andava pelas lojas com Alice toda tagarela por conta do baile, a avistei com sua amiga em uma loja.

A vi de longe provando vestidos, mas um em particular me chamou atenção, era perfeito em Bella, no entanto ela não o levou.

Alice seguiu o caminho sozinha e eu fui até a loja.

-Boa tarde, gostaria de levar o vestido que aquela senhorita provou, mas não levou.

(***)

Bella disse que não iria ao Baile, mas  tinha uma última cartada.

Após aquele cachorro que ela insiste em chamar de namorado saiu, subi a sua janela, Bella estava no banho, então deixei o vestido e um bilhete em sua cama.

Esperei ao lado de fora até que escutei as palavras que esperava.

(***)

Durante o caminho estávamos calados, Bella encarava o para brisa, e suas mãos inquietas estavam trêmulas.

Parei o carro no estacionamento da escola, fui até a porta do passageiro e a dei a mão.

Entramos no ginásio  e atraímos olhares curiosos.

As musicas eram agitadas e intensas, bem jovens.

-Quer Dançar?

-Pode ser.

A levei até a pista de dança e as músicas agitadas embalavam seu pequeno corpo, Bella se deixava levar como se tentasse esquecer-se de algo.

Foi quando uma Música lenta tocou.

Musica:  Adele,  Someone like you: (Alguém como você)

http://www.vagalume.com.br/adele/someone-like-you-traducao.html

Bella me encarou estalando seu olhar para mim.

Peguei em sua cintura pequena, e embalei, ela deitou sua cabeça em meu peito.

Seu corpo quente me trazia lembranças, ter Bella em meus braços naquela clareira.

-Essa pode ser nossa última dança- Em fim ela falou.

-Sei,mas saiba Bella que mudanças acontecem quando temos amor.

Aquele era um momento de angustia, não ler sua mente me trazia duvidas de qual seria sua decisão final?

Independente do que seu coração a mandasse fazer, Bella sempre seria meu Primeiro e único amor.

POV Jacob

Deixar Bella ir ao Baile foi à decisão mais difícil que fiz, mas tinha que fazer e tinha que ser assim.

Transformei-me em lobo e corri por muitas horas.

A floresta me trazia a paz que meu coração precisava para pensar.

Eu fiz a coisa certa tinha que dar a Bella uma brecha, ele tinha que escolher.

Eu aceitaria sua escolha, independente de qual fosse, eu a amava.

Bella sempre seria meu primeiro amor, e talvez o único com tal intensidade.

Podemos viver por anos sem ter a oportunidade de amar e eu sabia o que era esse amor.

Quando a noite estava intensa resolvi voltar para casa, e quando fui atravessar a rodovia, um volvo prata me esperava.

-Preciso falar com você cachorro.

POV Bella

– A última dança é a mais triste.

-Sim  é sempre a mais triste, mas pensei que não pudesse ler minha mente.

-Bella não leio, mas sei o que se passa nela, conheço seu coração.

As lagrimas tomaram conta de mim, não foi preciso palavras Edward entendeu minha escolha, ele me beijou na testa.

– Bella temos que fazer escolhas e sei que sua escolha foi difícil, e aceito e entendo todos seus motivos.

-Sei.

-Bella- Ele ergueu meu rosto com a ponta dos dedos.- cabe agora a você aceitar suas escolhas.

-podemos ter um último beijo Edward?

Ele nada respondeu, somente me beijou.

-Seja feliz Bella.

Ele me deixou em casa.

-Bella – vou sempre te proteger.

-sei.

Entrei para meu quarto em prantos, eu tinha feito minha escolha e tinha que conviver com ela.

Foi quando fui surpreendida com Jacob pulando minha janela.

-Jacob! Tentei limpar minhas lagrimas.

-Bella não se preocupe, eu já sei de tudo.

-Como?

-Bella, encontrei Edward no caminho.

-E?

-Bella, Resumindo ele me contou sobre vocês e me pediu para cuidar de você, já que você me escolheu.

-Há Jacob !….

Não precisei dizer mais nada ele me abraçou e me beijou, e aquela noite ele passou em meu quarto, e eu chorei a noite toda.

Fim…

 

******

 

Será que é o fim??????

ai vai a surpresa!!!!!!!

a segunda temporada de Paixão em forks está chegando aguardem

logo vocês vão curtir a continuação desta fic emocionante….

beijos…

Izis…

Anúncios