3.Presentes

Musica:

http://www.vagalume.com.br/coldplay/yellow-traducao.html

ColdPlay “ yellow” “amarelo”

Reneesme

“Estava correndo na floreta, ele estava atrás de mim, correndo muito, mas eu não estava com medo do que me perseguia. Era bom, prazeroso, eu estava feliz e sorrindo alto.”

-Jake você não me pega, eu sou mais rápida do que você, eu era só uma menina, isso era uma lembrança, mas de repente, a lembrança  se tornou diferente,eu era já moça e continuava correndo:

-Jake, não sei como você pega vampiros? Olha eu corro mais que você,  de repente ele me alcançou, e junto o seu cheiro maravilhoso, eu diminui o ritmo para ficarmos próximos.

-Ta entregando o jogo Ness, eu vou pegar você.

-E  se eu quiser que você me pegue! Nesse instante ele me agarrou e puxou, caímos.

-Jake, seu bruto você vai me machucar.

-Você se cura rápido, como eu.

 -“Te peguei!” – ele sussurrou em meu ouvido-

Então eu segurei  firme, virei em cima dele.

– Não, “ eu te peguei”!- Mas não consegui segurar muito seus braços eu quis pegar seu cabelo e, quando, percebi  o puxei e o beijei…”

Acordei!

-Eca!  Eca! Eca! Que horror isso era sonho ou pesadelo?  Agora eu estava com raiva Jacob Black,  vou matar você, isso é ridículo você some e  agora invade meus sonho !- Falava sozinha.-

Primeiro eu fico pensando nele, e nas histórias com minha mãe.E depois sonho com ele, eca, eu o beijo  isso é muito ,eca.

Parece que quanto mais longe ficamos, mais eu penso nesse idiota, o que há de tão importante pra fazer que não possa dar apoio moral pra sua amiga na semana mais difícil de sua existência?  Idiota! Idiota! Idiota! Vou matar ele!

Levantei irritada, fui pro banho me acalmar, peguei minha mochila e peguei o vestido que  separei  pra hoje.

Eu gostei desse na vitrine, era a primeira vez que ia por vestido depois daquele episodio no meu aniversario, mas esse era minha cara, era branco com rendas e simples, coloquei uma  sapatilha, me recuso a usar salto, já sou desastrada e de salto seria um desastre mais alto. Dei meu toque final, achei em uma lojinha aqui mesmo em forks uma flor branca e a coloquei no meu cabelo hoje eles ficariam assim cacheados e naturais.

Quando desci  a escada, Charlie estava com cara daqueles pais bobões, eu ri dele  e perguntei

-Que foi?

-Ness você ta linda! Como você cresceu rápido, parece ontem você era um bebe.

-Vô, não foi ontem, foi há seis anos! Isso não acontece sempre!

-Vamos, sua tia já me ligou e já ta histérica, como ela acorda cedo no domingo.

– Isso se ela dormiu!( vampiros não dormem)

Charlie já nem ligava mais pra piadas internas vampirescas, fingia não entender.

Fomos pra casa, chegando foi de arrepia tava decorada inteirinha, meus pais chegaram primeiro e me deram os parabéns, que nem sei pelo que!

Arrepiei-me,  dei um gemido  e olhei par minha mãe!

-Pra que tudo isso? Essa ela exagerou!

-Alice, sempre será Alice- minha mãe falou ao suspirar.

-Entendido!

– E ai quem vai se casar?- Charlie quis fazer uma piada da decoração exagerada de Alice,

Eu sugeri um simples piquenique, se ela queria dar festa e meu pai aconselhou a deixar por conta dela!

-Vovô, se ela já faz isso para um piquenique imagino em um casamento.

-Quem vai casar Reneesme? Você só ta começando sua vida e  já ta falando em casamento! -meu pai disse com uma voz um pouco mais alterada do que de costume.

Não sei por quê? Mas  nesse momento lembrei de meu sonho, meu  pai deu um gemido e aquele olhar de advertência.

Gemi também, ignorei,  pensei bem e claro na mente:” é só um sonho, e não controlo sonhos”  ele ainda tava gemendo!

-Creio,que quando acontecer querida, você vai ter a melhor de todas as decorações –Alice falou chegando flutuando!

-Chega de falar de casamento, pois se Edward pudesse enfartar já teria . -mais uma vez meu avô  ignorou a piada- Ness melhore seu humor porque eu me esforcei para fazer essa festa em comemoração a sua grande entrada pra sociedade humana oficialmente.

-Ahhahhhh ! Agora entendi! Se esse é o nome que você da ao colegial, o exagero ta explicado –ironia pura-

-Alice só revirou os olhos.

Os quileutes foram chegando Sam e Emillie ,Quil e Clair, Paul e Rachel ….quase todos quando a picape de Bily encostou, meu coração parou, mas só desceram Seth, Sue e Bily.

Sempre percebi que todos sempre estavam felizes: Emili olhava Sam com uma felicidade e adoração, Rachel que deixou ate a faculdade pra ficar com Paul , e Quil como sempre estava com Clair, igual a mim quando criança, ficava com Jake . Lembrar-se dele me fez ficar angustiada:

-Alice, você tem certeza que avisou Jake?

-Claro querida. Calma, pare com isso. Ou vou pedir pra seu tio Jasper vir aqui, te acalmar.

-E porque ele ainda não chegou? Tia, se aquele cachorro não vir eu vou atrás dele e o mato.

-Calma! Você ta muito ansiosa, lembre se de que ele te ama e você também e não matamos quem  amamos.

-Amo claro! Mas ele nem se quer ligou, que tipo de amigo e esse? É no mínimo muito idiota!

Todos estavam conversando quando meu pai chamou minha atenção:

-Reneesme querida, quero te dar seu presente , ele estendeu um envelope prata.- eu corei -.

“precisava ser na frente de todo mundo “ –pensei-

Abri o envelope e …

-Ual!Ual! Ual! Eu não acredito! Pai você é de mais! Brigado!-pulei em seu pescoço, e o beijei muito no rosto. –

-Calma Ness,é só um documento.

-Um documento? É minha carteira de habilitação, você me deixou ter 16 anos antes!

Todos riram menos Charlie, que sabia ia da uma bronca em meus pais!

De repente eu senti o cheiro mais delicioso  de toda  aminha vida,  e meu coração disparou mais do que já disparado e parecia que eu ia sufocar,  eu não sentia esse cheiro a uma semana:

-Jake!- o abracei e apertei-Você veio, mas isso não o tira do problema!

-Que problema? O que foi que eu fiz?

-O que foi que você fez?O que foi que você fez?  Você fica me evitando, e depois puf !             Some uma semana, Jacob Black, você me fez uma falta essa semana e isso, é imperdoável!

-Mesmo que eu tenha um bom motivo por ter ficado distante?

-Talvez! Se esse motivo for muito bom!

-Então, vi que você já pode dirigir?

-Você viu?-Mostrei pra ele com orgulho mina carteira de motorista – Finalmente aquelas aulas particulares que tivemos vão  ter valor!

-Só que você vai dirigir o que?

-Eu ainda não pensei nisso!

-Então! é ai que eu entro- Ele me estendeu uma chave com um grande laço-.

-MEU DEUS!!!! Você ta me dando um carro ????

Sai pra fora e todos me seguiram e, mais surpresa!

-MEU DEUSS MESMO !!! JAKC é  um…

-isso mesmo um CAMARO!

-1970, é um…

-clássico.

http://image.automotive.com/f/featured-camaros/2nd-gen-camaro-1970-1981/camp-0910-1970-chevy-camaro/30074244+pheader/camp_0910_09+1970_chevy_camaro+cruising.jpg

“Uma das muitas coisas que eu e Jake  fazíamos e amávamos  era carros,eu não via a hora de dirigir, e minha paixão sempre foram clássicos, sempre amei o rabitt de Jacob, eu aprendi a dirigir com ele , era também a única coisa que Rosalie também admirava em Jake, ela também gostava de carros, mas o gosto dela era mais por importados .Quando aprendi a dirigir, comentei com Jake, que meu primeiro carro seria um camaro,ele seria todo original, um verdadeiro clássico.”

-Jake você lembrou, mas  como?

-Foi  um presente conjunto -foi meu pai que respondeu minha pergunta mental-

Jake não conseguiria comprar sozinho, pois com suas responsabilidades com a matilha, ele fazia trabalhos de mecânico em suas horas vagas, mas não cobrava caro os únicos que podiam pagar bem era minha família e ele raramente aceitava.

-Eu que fiz- todo orgulhoso falou-.

-Igual quando você fez o rabitt?

-O cachorro, não esqueça que eu ajudei ta!

-Tia Rose! Obrigada.

-Eu e seu pai entramos com parte da verba filha. – minha mãe disse. –

– E o som maneiro, e eu e o Jaz colocamos. – Tio Emmet gritou ao fundo. –

-Gente é lindo- Era como sonhei todo original com bancos couro e a lataria prata. Brigado a todos!

-Entrei no carro, e vi que ele tava todo decora do com flores silvestres brancas,e no acento um buque de rosas brancas!

-Você gostou?- Jake colocou a cabeça no vidro e me perguntou baixinho-.

-Não gostei, eu amei e como eu sonhei!

-Não o carro sua boba, isso eu sabia que você ia amar, as rosas?

-ah! –Corei-  Sim claro, são minhas preferidas!

Como sempre, Jake sempre sabia o que eu queria!

Comecei a olhar para ele enquanto ele explicava a meu avo coisas que eu já sabia de cor sobre o carro,e minha mente que não me obedecia, começou a pensar e ver como a pele de Jake tinha uma cor linda, como a camisa sempre estava apertada em seus músculos e seu cabelo negro era lindo era meu Jake.

-Reneesme!-meu pai me chamou pelo outro vidro, suspirou – saia do carro filha vamos  pro jardim-Que terror adolescente, seu pai lendo todos seus pensamentos constrangedores, ate aqueles que você não controla.

O piquenique estava ótimo Charlie e Sam assumiram duas churrasqueiras, como sempre tinha muita comida e como sempre os lobos acabaria com ela rápido.

Depois de comer,  fui me sentar a beira do lago, estava tentando não pensar em nada pra não me colocar em mais situações embaraçosas com meu pai, quando senti aquele cheiro se aproximando e ai aqueles olhos me olharam, eu sorri ele se sentou ao meu lado.

-Oi, ainda ta brava comigo?

-Não, você deu uma desculpa bem boa!

-Que bom! Sempre que for te pedir desculpa, vou me lembrar de montar um carro pra você.

-Jake bobo.

-Como andou? Não sabia que sentia minha falta?

-há Jake, claro que sinto,desde que existo você sempre esteve aqui e, de repente ta tudo diferente e você se afasta,  some por uma semana ,fiquei muito irritada!

-Eu adoro irritar você!

-Bobo!

-E ai, você ta realmente.. A deixa pra lá.

-O que foi? Fale:

-Nada, deixa pra lá.  Você já comeu? O Paul vai acaba com toda comida!

-Jacob Black! O que você ia falar?

-Se eu falar você vai se zangar, como da ultima vez.

-O que?

-A ultima vez que te elogiei, lembra, você  saiu correndo ,e eu levei três horas pra te achar.

-Jacob. Fale!

-hummm. Bem. Você ta linda nesse vestido!

“Ele notou que eu to de vestido”.

-Desde quando você me elogia?

-Olha quem fala! Ultimamente só ouso os insultos iguais aos da psicopata lora, e a ultima vez que eu disse que você parecia uma boneca você lembra?

-A tá Jake , você não me elogiou assim, você debochou é diferente-“ ele me elogiando ,algo começou a me dar a sensação de estomago vazio, e eu havia comido bem, e de repente ele enchia de borboletas.”

-Tava me perguntando quando você ia começar a se vestir como menina  de novo?

-Jacob Black! Não me provoque!

-Tá! Tá!  Não tá mais aqui  quem falo- ele fez um zíper na boca.

-JACOB,  PRECISO FALAR COM VOCÊ! – meu pai o chamou!

Meu cérebro  não me obedecia mais, imagens ,sensações,cada terminação nervosa, tudo se enchia de Jake,  ficar sem ele me deixava sempre pensando nele cada vez mais.

Tia Alice se aproximou, com meu celular na Mao:

-Querida você esqueceu seu celular em casa ontem! -Eu sempre esquecia ,quem me ligava eram meus pais e como estava na casa de Charlie ninguém ia ligar ,e se ligasse lá tinha telefone.-Fique com ele querida nunca se sabe quem vai ligar?

Entendi aonde ela que chegar:

-Aquele garoto vai ligar? Tia nem lembro o nome dele?

-Então descubra você mesma. – ela se virou e saiu.

Deixei o celular de lado, devia estar no silencioso, então eu não atenderia.

Quando de repente , ele voltou, e junto as borboletas no meu estomago.

-Seu pai precisava de informações sobre um rastro que senti na floresta ontem.- E ai como foi a semana ?

-Nada de mais. Trimmmm ,Trimmmmm droga não está no silencioso, Trimmmmmmm desculpe!

Ele me fez um sinal pra atender

-alô?

-Oi linda Reneesme?

-oi quem fala?

-Sou eu Rick, não lembra?  Do shopping?

-ha sim! Lembrei- mostrei indiferença, assim e melhor deixa as coisas claras.

-Você não me atendeu ontem?

-A não achei o celular, estava no silencioso.

– E você não costuma retornar ligações importantes?- Importante quem ele pensa que é?-

-Eu sou meio desligada.

-E ai vai estudar no colégio da cidade?

-Sim, começa amanhã.

-Sim, deve ser horrível não conhecer ninguém.

-deve ser suportável!

-Você ta ocupada?- Que bom que ele se tocou. –

-Na verdade sim, minha família ta toda aqui reunida, recebemos uns amigos para um piquenique.

-A tá.!- O rapaz ficou de novo chateado- então até amanhã.

-Até  amanha. É Rick!

-É! E você  Reneesme tem algum apelido ?

O único apelido q tenho e Jake que me deu, e pela sua audição ele ouviu a conversa,  não vou magoa- lo assim.

-Não, é Reneesme, mesmo!

– Tchau.

– Tchau. – ClicK-.

Fechei o celular, olhei pra Jake ele estava com uma expressão estranha, não era raiva, era dor, aquilo me doeu também, como se esmagasse o meu coração, então ele se virou e sorriu um pouco e perguntou:

-E, então,  a semana não teve nada de mais ?

-Ah! Eu fui torturada, Alice me fez ir ao shopping.

-E no shopping? Não tinha nada de interessante?

-Nada que valha a pena, só a Alice se divertindo à custa de mim, me fez dar telefone pra esse Rick, mas só para se divertir, eu digo a psicótica aqui é ela e não a Rose!

Ele  fechou os olhos mais uma vez,  eu pude sentir sua dor sendo minha dor, algo estava errado, ele não pode sofrer, se ele sofre eu sofro,além de esmagado agora meu coração era perfurado, eu não podia deixar ele sentir dor, e por que aquele dor?

-Jake, me deixe te mostra o que aconteceu. – Toquei seu rosto e passei toda aquela tarde torturante, ate mostrei que eu gostei um pouquinho, ate a parte do plano de Alice e da gargalhada histérica que eu dei, Jake riu, abriu os olhos e disse:

-Coitada de você! Tortura total e completa!

Eu vi aquele sorriso, e vi seus olhos, e as borboletas voltarão, de repente eu não tinha mais nada, não tentava fazer meu cérebro parar eu senti a gravidade sumir e só via Jake ,eu tentava:” pare Ness”” pare agora” mas não conseguia todo ficava longe, meu pai ouvindo, quem é pai, a terra, aonde tem terra…. só havia Jake, meu Jake.

“Meu Jake!”

-Meu Jake- “disse em voz alta isso”

-Minha Ness- Jake respondeu.

A gravidade me puxou como imã, mas não para terra para ele!

E então eu o beijei….

Anúncios