Tags

musica:

http://www.vagalume.com.br/nickelback/far-away-traducao.html

15.Realidade

-Não!!!! Eduard olhe para mim…

Eu sabia que ela diria exatamente isto, sua voz ecoava  em minha mente.

Senti  o sol em minha pele, e o calor me lembrava mais dela.

Algo se chocou em mim, e senti como ela estivesse em meus braços, a agarrei  num impulso, meus olhos ainda fechados e eu sabia o que estava acontecendo :

-Incrível… Carlisle tinha razão…

Eu realmente estava no paraíso e ela estava ali em meus braços…

-Edward!!!!!!você tem que voltar para a sombra…tem que sair daqui.

Porque???? Agora estou realizado…estou com meu amor em meus braços…ela está intacta e inteira.

Eu estava inteiro..curado… completo…

Eu só podia estar completo assim com Bella em meus braços…

-Nem acredito como foi rápido, não senti nada…eles são bons… (os voltures trabalham bem…)

Seu cheiro… senti arder minha garganta como se um copo de alvejante entrasse em meu peito…

Era pior que antes a sede…

Mas era seu cheiro nada mudara…

-“A morte não sugou todo o mel de teu doce hálito, não teve poder sobre tua Beleza.”- sim como Romeo eu estava bestificado como a beleza de Bella estava perfeita.. a dor em minha garganta era intensa e me invadia como golpes …

-Você tem o mesmo cheiro…ÓH! Eu não estava no paraíso.. Também como um monstro como eu estaria em tal lugar?!.. e Bella pois fim em sua vida ela também recebeu a punição…

-Talvez seja o inferno, não me importo, eu aceito..

Bella estando comigo qualquer lugar se tornara o paraíso.

-Eu não estou morta- sua voz ficava urgente -Nem você, por favor Edward temos que sair daqui eles não estão longe.

Pensamentos a minha volta se organizavam, e minha consciência reornava para realidade do momento.

-O que foi isto? – Olhei para seus olhos que estavam cheios de lagrimas.

-Não estamos mortos, mas temos que sair daqui antes que os volture…

Sua voz mais clara e intensa e pensamentos mais pertos invadiram minha mente, eu percebi a realidade e a gravidade da situação.

Senti que eles chegaram próximo a nós e envolvi rapidamente Bella em proteção.

-saudações cavalheiros, não acho que vou precisar  de seus serviços hoje. Agradeceria se transmitissem minha gratidão aos seus senhores.

_ Não deveríamos ter esta conversa em um lugar mais apropriado- Felix mesmo disfarçando seus pensamentos deixou clara a intenção de nos levar a sala do trono.

-Não acredito que será necessário e sei de suas instruções e eu não quebrei nenhuma regra.

Aquela conversa me deixou irritado, pela insistência em levar Bella, eu sabia a que regra eu tinha quebrado, e agora eu estava colocando Bella na toca dos leões.

Senti a chegada dela, Alice estava vindo entre os becos escuros.

-Vamos nos comportar, há senhoras presentes.

Alice os advertiu pala presença de humanos ao redor.

-Por favor Edward sejamos razoáveis. Demetri insistia…

Quando a conversa estava exaltada escutei outra mente forte, agora eu estaria lidando com um poder maior que todos, Jane estava entre a escuridão  com ordens  de nos levar a todo e qualquer custo para a sala do trono.

-Basta.

-Jane.

-Acompanhem-me .

Eu sabia que com Jane ali eu não teria chance então fizemos o que mandaram, encarei Alice, que por conta de sua visão era o motivo pelo qual estávamos ali.

-Bem Alice, acho que não deveria me surpreender de ver você aqui.

-O erro foi meu era obrigação minha resolver.

-O que aconteceu?

– é uma longa história.  – Resumindo Bella pulou do penhasco, mas não estava tentando se matar, ela anda fã de esportes  radicais.

Alice em sua mente lembrou de tudo que Bella a contara  e fiquei perplexo com suas atitudes.  Principalmente com o fato de haver lobisomem na história.

-Humm!!!

Depois do longo caminho até a sala do trono chegamos aos portões meus dentes serrados de pavor, não por mim, mas por Bella, as mentes de todos eram claras, ela era uma intrusa, e sabia que se Aro soubesse de minha intenção de nunca lhe transformar em imortal ele arrumaria uma desculpa Ra seu veredicto.

-Jane minha cara você voltou!

Aro levantou-se do trono, contente ele queria me ver novamente e agora vendo Bella e Alice suas possibilidades se estenderam.

-E também Alice e Bella!!! Isso sim é uma surpresa feliz! Maravilhosa!

Felix foi contar para os outros o que Aro já sabia.

-Está vendo Aro não está feliz por eu não ter lhe dado o que queria ontem?

Aro era gentil e estava fazendo com que nós sentíssemos a vontade, mas algo em sua mente me preocupava.

-Adoro finais felizes. São tão raros! Mas quero a história toda. Como isto aconteceu? Alice…

Aro sabia de tudo e  tentava ter esclarecimento…

Aro elogiou os nossos dons com inveja, mas também com cobiça.

Marcus me encarou perplexo e com admiração por nossos laços de afeto serem tão intensos, tanto Alice quanto Bella estava se sentindo perdidas, Alice me fazia perguntas mentalmente.

-Marcus vê relacionamentos. Ele está surpreso com a intensidade do nosso.

Aro estava muito surpreso por conta de que Marcos era difícil se surpreender , e mais ainda por Aro saber como o sangue de Bella era para mim.

-…La tua Cantante…

Ele dava um nome ao sague de Bella, ele canta para mim, mas eu sabia que meu amor por ela era maior que a sede…

-vejo isto como um preço

-um preço muito alto…

Ele não entendia como eu resistia a tudo isto.

Consegui ler lampejos que aro deixava escaparem em sua mente, e estava entediado de tanta preliminar eu sabia seu objetivo.

Aro  cobisava nossos dons e viu na vida de Bella um modo de barganhar.

Ele quis testar seu Don em Bella por saber que eu não podia ler sua mente, e não ouviu nada, mas logo algo me preocupou, ele quis testar Bella com o Dom de Jane.

Isso não poderia ser bom.

Meu único impulso foi se virar para Jane e a ataca-la.

Mas seu Don me atingiu, e fui tomado por uma dor intensa, meu corpo parecia ser dilacerado em mil pedaços, eu me contorcia e nada podia se comparar a esta dor.

Ao longe escutei Bella.

-PARE!!!!!

Aro deu uma ordem e Jane parou, eu logo me coloquei ao lado de Bella e me coloquei protetoramente  Alice se colocou ao meu lado, me forçando a ficar imóvel, e me mostrando sua visão de que tudo ficaria bem era só eu ter calma.

O dom de Jane não atingiu Bella e Aro ficou muito atônico com tudo.

Disfarçou sua indignação e curiosidade com uma gargalhada.

Ao Perceber que a mente de Aro se voltava a suas reais intenções, ele realmente queria muito que eu se juntasse a ele, mais ainda ele admirou o potencial de Alice, e ele viu um possível potencial em Bella. Vi em sua mente, unir-se ou morrer, toda história de leis eram um disfarce para se satisfazerem com seus desejos .

Aro lera minha mente e sabia que eu nunca queria para Bella este destino triste desta condição de monstro.

Mas Alice tinha um trunfo em suas mãos , uma visão que poderia nos salvar.

E ao se colocar a disposição para Aro ler sua mente, ele ficou mais maravilhado com seu dom, ele viu tanto seus pensamentos como suas visões, de quando Bella iria entrar em nossa vida e de que Bella se tornaria uma de nós um dia.

Mas a mente de Aro não descansava, e ele continuava cobiçando nossos dons .

E assim ele nos deixou partir.

-Então agora estamos livres para partir?

-sim, sim- mas voltem para nos visita.- mas sua mente continuava a pensar na possibilidade de nos juntarmos a eles.

-e nós também os visitaremos, – Caius nos adve4rtiu pois queria certamente que nossa promessa fosse cumprida, a de que Bella seria uma de nós em breve, mas nem ele sabia das intenções de Aro.

Vesti o manto que me deram para que eu saísse. A mente de Aro era impulsivamente voltada a eu e Alice com aqueles mantos ao seu lado.

Eu queria tirar Bella o mais rápido dali, a segurei firme a dando apoio e na mente de Alice o que aconteceria a seguir, as vitimas deles estavam entrando e o que eu não queria que Bella visse ela acabou presenciando.

Heidi entrou com uma multidão de pessoas, homens mulheres, crianças todos para o abate.

Puxei Ella para a porta de saída do corredor, mas não impediu que ouvisse ao gritos, a senti se encolher eu sabia que ela era bastante inteligente para entender o acabara de acontecer.

Anúncios