Tags

,

2.Promessas

POV Jacob

Acordei, fui tomar um café, depois corri para oficina tinha um prazo a cumprir e estava se esgotando de repente enquanto eu terminava os detalhes escutei uma voz me chamando, minha garganta ardeu um pouco com o cheiro que eu conhecia e não me agradava muito:

-Que horror de fedor de cachorro! Por mais que eu tenha vindo aqui esses últimos meses, não consigo me acostumar, e ai vira lata já terminou?

-Claro, quando digo que vou terminar algo eu faço.

-Espero que esteja bem seguro

-Claro que é seguro, segui ao pé da letra as recomendações de vocês, ninguém, nem Edward vai poder  reclamar. E ai psicopata, aonde a esconderam hoje?  Já que meu serviço acabou, creio que Edward tenha a escondido, pois me manter ocupado foi um bom plano.

-O cachorro: primeiro lugar foi ideia sua construir você mesmo o presente e segundo ninguém a escondeu, ela esta na casa do Charlie e foi ideia dela ficar o sábado lá.

-Ta legal, então porque você veio aqui enfrentar esse fedor?

-Jacob eu vim avisar você…

-Uau! Que mudança o que aconteceu com “ Vira lata” e “cachorro”?

-Jacob é sério! Vim te avisar que ele abriu uma exceção quanto a idade,  só porque a Bella implorou, mas que você não dê nenhuma de engraçadinho e pra te pedir para esperar o prazo combinado.

-Eu sei, eu sei .Eu não vou fazer nenhuma gracinha eu prometi, não prometi?

-Só que não custa reforçar o alerta vira lata.

Comecei a me lembrar do dia em que fiz essa estúpida promessa: ”Já estava no fim do verão, eu e Ness estávamos brincando como sempre de quem pega a maior presa, eu em forma de lobo sempre ganhava de Ness, ela ficava muito irritada, pensei e em irrita-la um pouco mais, eu tinha passado pelo rio, estava molhado, então cheguei perto dela  e me sacudi como os cachorros fazem quando estão molhados, ela começou a gritar ficou louca, era linda minha Ness irritada.

-Jacob Black! você me molhou toda, seu cachorro, eca. A tia Rose tem razão, você é um vira lata..

Vendo ela irrita e toda molhada, de repente, comecei a me dar conta de que ela não tinha mais o corpo de criança e a camiseta molhada colou. Tive que mandar meu cérebro parar.

Eu não sabia mais o que fazer desde que ela estava com aquele tamanho, já não era criança, eu me recusava a pensar nela de outra forma, mais a cada dia ela ficava mais linda e esses olhos castanhos lindos, e essa irritação de um gênio forte só completava sua beleza, então fui pra traz da arvore me transformar, mas Ness era distraída e foi indo atrás de mim, gritando, ate que quando ela me viu se transformar, ela não ficou chocada, nem envergonhada, mas eu fiquei em pânico e sai correndo me esconder, voltei achei que ela ia ficar constrangida, mas é típico da Ness me surpreender quando cheguei, ela estava rindo muito, e disse:

-Jake, não fique assim você já me deu tanto banho quando criança, que agora estamos quites, eu ficava constrangida de pensar em você ter me visto já sem roupa! Ha ha agora deu empate!

-Sua loca! isso é diferente, você era só um bebê, depois de uma certa idade não dei mais banho em você , e eu já sou um homem!

-Que homem aonde?- Ela fez que procurava- só vejo você aqui Jake, e você é tão criança quanto eu.

-Ria sua peste, quero ver quando seu pai vir esse pensamento na mente de algum de nós, ai quero ver se você ri?

Quando chegamos na casa dela ,a peste pensou exatamente nisso, achando que não tinha nada a ver, então Edward me chamou pra conversarmos:

-Jacob, esse ano vão ser os preparativos para Reneesme entrar no colegial, em setembro ela vai ter oficialmente 16 anos, ela esta quase adulta, e você tem que parar de trata La como criança, quero que de agora em diante, vocês não fiquem muito sozinhos e fiquem aonde tem gente nada de portas fechadas, em troca quando ela tiver idade suficiente de adulta para entender, você pode contar do imprinting, mas Jacob, quero acima de tudo que prometa deixar ela ver suas opções e escolhas, não quero que por conta desse  imprinting  ela seja obrigada a um futuro, e achar que não tem escolha.

-Edward, você mais do que ninguém sabe como isso é forte e como funciona, posso me segurar e prometo só contar do  depois imprinting dela completar 7 anos, mas não me peça pra refrear meus sentimentos, pois isso e impossível!

-Jacob, prometa que pelo menos vai respeitar suas escolhas e tente se controlar nos pensamentos, já era difícil pra eu ver seus pensamentos com Bella no passado, imagine agora! Jacob é minha filha e com ela seus pensamentos são muito claros e intensos eles gritam.

-Tá cara! Eu vou tentar, mas é muito difícil meu cérebro não me obedece às vezes!

– Jacob, se é tão difícil, só me resta tentar deixar as coisas menos intensas.

E a partir desse dia, ele tem sempre dado um jeito de me manter longe de Ness.”

-Jacob eu só vim avisa, e nem é por você, não sei como e esse imprinting   funciona, mais sei que é forte o bastante pra Ness também sofrer por você, e sei que se você tentar uma gracinha Edward pode perder o controle.

-Promessa e promessa, eu prometi e vou cumprir ta, só que se ela sofre também não é justo ficarmos a tanta distância, eu vou respeitar as escolhas e se um dia ela me mandar pastar eu vou com muito prazer, mas em quanto isso eu não vou mais me afastar dela .

-Você é quem sabe, o pescoço é seu!

(musica)

http://www.vagalume.com.br/queens-of-the-stone-age/garotinha.html

queens of the stone age “ little sister” Garotinha

Quando a loura psicopata saiu, terminei os detalhes das flores, mas logo sai pra ronda tinha que me transformar, corri e senti um cheiro diferente e estranho, um rastro segui ele vagou pela floresta mas logo entrou na água e então perdi, depois fiquei com minha mente vagando novamente, eu estava longe dela e isso estava me deixando loco, comecei, a correr e só quando me dei conta estava no bosque perto da de Charlie sentei na forma de lobo atrás das arvores, assim meus sentidos eram mais fortes audição e olfato, pude sentir seu cheiro doce delicioso com esses olfatos dez vezes maior, vi ela se movimentar rapidamente pela casa e bem distraída, a minha Ness, linda ela olhou pela janela da frente, observou a caminhonete de sua mãe, eu sabia mais do que ninguém o que significava, ela era obcecada pela vida humana da mãe vivia me perguntando coisas, e que cada vez ficavam mais difíceis, Edward e Bella não haviam dito muita coisa sobre sua gravidez, senti quando ela saiu por o lixo quase todo de caixas de pizzas, saboreei seu cheiro quando vento bateu e soprou seus cabelos , meu cérebro não me obedeceu de novo “Tive imagens nítidas, dela em uma casa branca como ela, com uma roseira de rosas brancas e ela me esperando chegar com sorriso, mas como só ela fazia já vinha com uma cara irritada, brigando pois me atrasei para o jantar. Depois dei um beijo”.” Ficava me perguntando como seria beijar essa boca? Devia ter o sabor mais delicioso do mundo”, eu me interrompia não permitia que meu cérebro chegasse tão longe.

“ Que horror cara! Pare com isso, como vou conseguir olhar para Ness,sem tirar essas imagens da minha cabeça”

“Seth, esqueci-me de te avisar que eu já estava na ronda, desculpe garoto.”

“ Eu percebi quando você se transformou, só que você tava tão longe em seus pensamentos, que não me percebeu, cara isso ta uma loucura.”

“ Sei Seth, mas como foi a ronda a noite?”

“Você já viu o rastro, então quando eu senti o cheiro e fui ver o que era, já tinha entrado na água, então perdi, mas não sei o que é.”

“ Eu também não reconheço o cheiro, é diferente. Mas vamos ficar de olho. Agora vá pra casa dormir um pouco.”

Quando voltei a minha atenção a casa de Charlie, senti o cheiro da comida, ela gostava de cozinhar, mas era viciada em chocolate, ela dizia que chocolate só perdia pra sangue, no sabor.

Lembro-me das tardes na mansão, quando as coisas eram mais fáceis:” Jake, vamos a cozinha, todos saíram, vou fazer uma coisa que aprendi. Fomos pra cozinha e ela fez um chocolate na panela, sentou na bancada, comemos os dois ali, era tão simples sem culpa sem malicia, quando seus pais chegaram ela colocava na minha boca a colher de chocolate, Edward, exagerado como sempre ficava irritado, e rose quando entrou, tomou da sua mão a panela, ela dizia que como Ness era parte humana tinha cuidar da alimentação, para cuidar de sua aparência, mas como um anjo perfeito precisa se cuidar veja mesmo por essas roupas largas que ela insistia em usar ela era visivelmente perfeita.”

Escutei Charlie virar a esquina e sai dos meus devaneios e fui correr.

Cheguei em casa, Billy havia melhorado e Sue colocava a mesa como se fosse receber um batalhão de gente , mas não precisava de um batalhão, bastava Paul ,então soube que tínhamos companhia para o jantar.

“Quil chegou primeiro trazia Clair pelas mãos e me lembrei de há dois anos a trás estávamos eu Quil e Clair e Ness brincando e como sempre deixávamos elas ganharem” você não me pega Jake  a voz dela era infantil, e não me dava esse arrepio que me dá agora, era simples, eu só queria ela feliz como Quil com Clair eu só queria protege- La, e garantir um futuro”, agora eu estou começando a deseja La.

Depois Seth e Leah chegaram e Emby por último Rachel e Paul. Paul não era da minha matilha, mas era um brinde extra, pois tinha tido o  justo  imprinting com minha Irma Rachel.

Depois do jantar, estava na soleira da porta e quase comecei a viajar quando Quil veio puxar assunto:

-E ai Jake tava imaginando como aguenta cara, se eu não ver Clair todos os dias eu piro!

-Eu a vejo Quil, só ela não pode me ver, e quanto a pirar acho que já estou ficando louco.

-como louco?

-Eu sonho acordado Quil, são sonhos bons com ela, mas é muito real, é como estivéssemos  juntos mesmo separados.

-phoooxa!!!!! O cara ta pirando, quem mando se mete com sanguessugas, primeiro acha que ta apaixonado pela mulher do vampiro e quase morre protegendo ela, renuncia tudo! E de brinde ganha um imprinting   com a filha hibrida esquisita do vampiro, é de precisa de ajuda médica.

-Cala essa boca Paul! Antes que eu a soque!!!!!!

-Que droga Jake, só to brincando!

-Ninguém vai soca ninguém, quieto Jakek, e Paul meu amor não o torture-. Rachel, se não fosse por ela Paul já tava com acara rocha, certo que ia se curar rápido, mas só pelo prazer, para engolir o que disse de Ness.

Fui fazer a ronda até dar o horário de Leah, comecei a correr, novamente estava debaixo de uma conhecida janela do lado de uma conhecida arvore, senti uma sensação de dejavu, pois há alguns anos escalava essa mesma janela pra tenta contar a Bella sobre eu ser um lobo, como o mundo dá voltas, eu achava que o amor que sentia por Bella, era o mais forte do mundo, mas não é, nem se compara com o tamanho do amor que eu sinto por Ness, e ela nem sabe, ela sabe que eu amo, mas não sabe o quanto, e nem a intensidade desse amor.

A que ponto eu cheguei? Será que Paul tinha razão, eu precisava de uma operação no cérebro, e tirar essas imagens, Não era permitido não agora. E será que será certo algum dia?

Comecei a pensar, e se eu subisse agora? Como será que ela estava? E se eu deitasse do lado dela? Ness tinha um sono pesado, será que perceberia eu entrar? E se eu simplesmente a admirasse, já fazia algum tempo que eu não a via dormir.

As imagens em minha cabeça estavam ficando quentes demais, quando percebi, não estava sozinho

” Jack! pare com isso, você já me fez a muito tempo atrás ter sonhos beijando a Bella, agora com Reneesme, cara ela e uma criança. ”

“Só você Leah pra dizer essas porcarias”!

“Que faz aqui?”

“Senhor chefe supremo, é meu turno lembra”

“Ah é claro”

“ta Leah eu vou pra casa dormi, qualquer coisa chame ,e fique de olho perto do mar, temos que descobrir que coisa é essa que vem e some? ”

” A Jack ultimamente, ta calmo, esse possível invasor nem fez nada, talvez nem seja nada mesmo”

“Mas as vezes pode ser algo, não podemos baixar a guarda, vou conversar com o Sam pra ampliarmos o perímetro”

“ Tudo bem, você que manda.”

” Então fique alerta tá vou dormi quero acorda cedo amanha”

” A propósito Jack vou dobra meu turno, assim o Quil fica tranquilo pra ir amanha, eu não vou Emillie vai estar lá com o Sam ”

” A Leah cai na real! já faz tantos anos esqueça”

“Não consigo Jake”

“ Ta se você gosta de sofrer”

Corri fui para cama e me esparramei, queria desesperadamente dormir e assim sonhar com ela e amanha vou ver ela , minha Ness!

(***)

Cheguei a casa deles desliguei o motor, arrumei a gola da camisa estava bem na hora combinada.

Entrei na sala bem na hora que ela acabara de ganhar o presente de seu pai, e eu nem disse nada. La estava ela ,com um vestido lido branco, sua cor favorita tinha rendas era simples, mas lindo, ela usava uma sapatilha baixa, ela não gostava de saltos, e nos seus longos cabelos ela prendeu uma flor branca, ah Deus como ela é linda, estava sem palavras, ela correu para um abraço, como sempre fazia desde criança.

-JAKE!- Apertou-me, seu cheiro- Você veio, mas você não vai escapa do problema!

-Que problema? O que foi que eu fiz?

-O que foi que você fez? O que foi que você fez?  Você fica me evitando, e depois puf !             Some uma semana, Jacob Black, você me fez uma falta essa semana e isso, é imperdoável!

Irritada, irritada. É ai que ela fica mais linda, minha Ness.

Anúncios