Olá galerinha que amo, devido a problemas pessoais, vou atrasar as postagens, para não ficarem na mão consegui postar um capítulo de paixão em forks

Atentado

POV Bella

Edward estava me enlouquecendo todas  as noites com sua experiências como ele chamava, os dias na escola eram estranhos as pessoas ainda nos encaravam de forma a nos reprovar, como se estivéssemos ultrapassando uma barreira.

As garotas se aproximavam de mim nos raros dias de sol.

-Bella, você e o Cullen então, estão juntos? – Jessica especulava.

-acho que sim.

-e vocês em já?

-não ainda.

-menina como não você e um gato daqueles, lógico que ele é problemático, mas …

-jess, dá um tempo.

Ver ela com esses comentários me fazia lembrar-se de charlote.

Depois da noticia correndo tanto, quem não gostou muito da ideia foi Jacob.

Um dia logo após Charlie ficar sabendo e lógico ir correndo fofocar com Bily, Jacob apareceu aqui.

-oi Jack!

-Oi Bella!- Seu olhar não era muito amigável.

-Que foi? Por que está tão nervoso?

-Eu queria falar com você, a sós se possível.

-Tudo Bem vem vamos ao meu quarto.

Charlie olhava pelo canto do olho percebendo a tensão.

Entramos em meu quarto, eu fechei a porta.

-Que foi?

-Quero saber se é verdade, você e Cullen?

-Jack, sei que disse para sermos amigos,mas isso não te o direito de vir aqui e pedir informações que não são de sua conta. E sim eu estou com o Cullen.

-Bella!! Você enlouqueceu? O que você pensa que está fazendo? Depois de tudo que te contei você ainda…

-Olha Jack, já disse que não é da sua conta e por favor saia agora.

Abri a porta e fiz sinal para ele sair.

Ele saiu bufando, virou-se.

-Olha Bella, você ainda vai se arrepender, ele não é certo para você.

-E quem seria?

-Qualquer um, menos ele, e eu ainda sou seu amigo, por isso estou te avisando.

Ele saiu pela porta da frente e nem se despediu de Charlie.

POV Jacob

-Aquele sanguessuga dos infernos, tinha que entrar em meu caminho, justo ela, tantas garotas e ele quer a minha Bella.

-Jacob, pare de se agoniar, deixe ela para lá.

-Não Leah você não entende ela é minha só não sabe.

-Jack pare de bobeira.

Leah, é diferente isso não tá lá dito naquele tratado idiota? Ele não deveria namorar humanas.

-acho que o tratado só diz sobre matar e transformar ou coisas assim, nada sobre namorar, isso se aquela histórias forem verdade.

-Leah, não importa se é verdade ou não, o que importa é que ela não está comigo e perdi minha chance.

-Jacob, você sabia que poderia acontecer, vamos para minha casa meu pai foi pescar, assim você relaxa.

-Não Leah, não estou com cabeça para isso.

Eu passeava na praia com Leah, ela era a única que eu podia me abrir com esse assunto, sem ter a zoação dos rapazes.

Leah não era somente a garota que eu transava para me aliviar, ela se tornara minha amiga, e isso estava ficando estranho.

Eu sabia que poderia acontecer, Bella é linda, popular e muito gostosa, eu esperava que se interessasse por qualquer babaca da escola, só que tinha que ser justo o Cullen, que merda.

POV Edward

Sentir Bella em meus Braços todas as noites me proporcionava um prazer imenso, era fantástico maravilhoso.

Ela tinha um corpo perfeito, e a cada orgasmo que tinha era como eu estivesse também.

Eu já me considerava preparado para possuí-la, sabia que poderia me controlar.

No fim de semana tinha programado tudo, seria perfeito.

Resolvi seguir as visões de minha irmã e planejei leva-la a campina.

Na sexta o dia amanheceu ensolarado, fui caçar, pois assim eu estava impedido de ir à aula e a caça saciaria minha sede.

No fim da caça, eu decidi que iria surpreende-la na saída.

-Carlisle, empresta seu carro, sei que não vai para seu plantão durante o dia.

-Sim Edward à vontade.

-o Mercedes s55 de Carlisle tinha os vidros totalmente escuros, assim poderia sair durante o dia, pois nem dias ensolarados o impediam de estar no hospital, mas hoje como tinha varado o plantão noturno ele acabou não indo durante o dia, não que isto o afetasse, mas seria estranho alguém trabalhar tanto sem dormir.

Entrei no carro e segui rumo à escola, estacionei perto da Saída do ginásio, ela tem educação física no ultimo período.

Estava um pouco nervoso, sabia de meu controle, mas sempre era bom prevenir, liguei o som e escutei Debussy me acalmava.

Logo minha meditação foi interrompida por gritos familiares vindo do vestiário.

POV BELLA

Sexta amanheceu ensolarada, se fosse há alguns tempos atrás seria um dia perfeito, só que agora significava a ausência de Edward na escola.

O dia se estendia mais que o necessário, no refeitório Ângela mais discreta que Jessica, não perguntava muito por meu relacionamento, suas observações eram outras.

-Bom Ver você feliz Bella, o Cullen te deixa animada.

-mesmo.

-E agora namorando sério não está mais se sentindo como antes?

-Não Ângela eu me sinto bem.

-E Quanto a voltar a morar com sua mãe, já pensou se vai quando as coisas melhorarem para ela?

Eu tinha até me esquecido deste detalhe, eu vim para forks temporariamente, mas nem contava com encontrar Edward e me apaixonar tão loucamente.

-Não Angela, creio que agora estou gostando muito de Forks.

-Sei que é de Forks de que você está gostando.

O ultimo e pior período era o da educação física, mas logo acabou, mas o treinador pediu para fala comigo, atrasando ainda mais minha saída, sabia que logo veria Edward e não estava a fim de me atrasar.

-Srt Swan.

-Sim?

-Quero saber por que a senhorita não se empenha mais, hoje foi um desastre.

-sabe treinador Clamp, eu odeio Educação física e em Phonix não éramos obrigadas a fazer, sabe eu fazia algo alternativo, aqui não se tem lideres de torcida.

-sei, mas aqui exigimos  sim e pode se acostumar mocinha.

Fui correndo ao vestiário, como atrasei tive que esperar um chuveiro ser liberado.

Estava nervosa , sabia que ao encontrar Edward, talvez ele fosse em minha casa ele me levaria a um lugar especial, eu sabia exatamente o que aconteceria.

Para me acalmar demorei um pouco no chuveiro, e quando sai lógico o vestiário estava quase sem ninguém exceto por Lauren que pegava suas ultimas coisas e logo saiu, ela não falava muito comigo.

Estava com a toalha enrolada abrindo minha bolsa para pegar minha coisas quando escutei a porta do vestiário fechar” Que merda pensei, o Sr tomas,”

 

(Musica- Time Is Running Out Muse  – O ritmo estabelece está acabando-)

http://www.vagalume.com.br/muse/time-is-running-out-traducao.html

-ei Sr tomas eu estou aqui, já saio.

-Não é o SR Tomas, sou eu.

Mike Newton vinha em minha direção.

-Mick, aqui é vestiário feminino! Pode esperar La fora, por favor.

Ele me encarava com um olhar macabro, e se aproximava mais.

-Bella! Bella! Você e o Cullen em? Eu não gosto nada disso sabe. Você era para ser minha.

Eu não tinha para onde correr e dava passos para trás.

-Eu não sabia que já tinha dono, – eu tentava ironizar.

-Bella, você é gostosa linda e tudo que nessa escola não tem, eu sou o cara mais popular era lógico que você fosse minha.

Sua proximidade me dava medo, eu sabia exatamente o que estava prestes a acontecer.

Eu estava ali, indefesa, somente de toalha, Mike era esportista e tinha músculos, e como homens já por natureza são mais fortes que as garotas, seria lógico que ele conseguiria me segurar com facilidade.

Ele chegou perto e me empresou na parede, ele sussurrou em meu ouvido:

-Bella, eu só quero pegar o que é meu de direito.

Eu fiquei paralisada não sabia o que fazer,  ele aproximava para me beijar eu desviava, suas mãos em minha cintura, me apertavam, quando o empurrei ele agarrou em meu braço com força fazendo eu ficar ali imóvel e batendo minha cabeça na parede.

Eu me sentia naqueles pesadelos que a voz não sai.

Comecei a sentir uma repulsa, meu estomago estava embrulhado, minhas pernas estavam bambas e impossibilitadas de correr e meu coração estava acelerado.

Foi quando eu consegui dizer:

-Pare Mike por favor!

-Shii fique quietinha que eu não te machuco.

-Pare Mike, por favor não!!!

As lagrimas escorriam em meu rosto, ele beijava meu pescoço e ai sua mão foi tentar tirar minha toalha, em fim minha voz saia:

-SOCORRO!! Eu gritava!!

-SOCORRO!!! PARE MIKE!!!

Ele tentava tapar minha boca!! – fique quieta!!! Eu não estou fazendo nada que você não queira, provocando com esse corpo essas roupas.

-Pare Mike!!! SOCORRO!!!!
Foi quando ele foi atirado longe, sua cabeça bateu no chão, eu vi Edward com uma expressão de raiva, seus olhos negros estavam intensos, ele soltou um grunhido.

-Seu Nojento, como ousa encostar nela!!

Edward  estava dominado pela raiva, percebi Mike sangrar então percebi a expressão de Edward mudar, eu então fui até ele :

-Edward Não!! Ele estava dominado por seu extinto ao se virar ele me jogou contra a porta do chuveiro.

-Edward!! Pare!!!

Logo ele recobrou a consciência e veio a meu encontro.

-Bella, me desculpe!

O barulho chamou a atenção de alguém.

-Edward. Vá se esconda!!!

Eu estava tonta devido ao tombo, Sr toma entrou.

-menina o que houve???

-Ai – as lagrimas caiam.- ele.. tentou.. me …

Logo percebi o sangue em minha cabeça e ao vê-lo ficou tudo escuro, eu apaguei!

POV Edward

Idiota! Idiota!! Como pude ser tão idiota!

Novamente na mesma situação, eu tinha usar minha força.

Era um dejavu, o problema agora é que foi com alguém com que me importava muito.

Não sabia o que fazer, eu sabia a resposta, não poderia nem sequer pensar em me envolver com ela depois disso tudo.

Eu poderia , nem ouso pensar, sabia que meus instintos eram forte de mais.

Vi as ambulância, o carro de policia chegando, sabia exatamente aonde isso iria parar!

A única solução seria ir embora.

E foi o que fiz!!

 Tradução: Time Is Running Out Muse:

Eu acho que estou me afogando
asfixiado
Eu quero quebrar esse feitiço
Que você criou

Você é algo lindo
Uma contradição
Eu quero jogar o jogo
Eu quero a fricção

Você será
a minha morte
Sim, você será
a minha morte

Enterrar que
eu não vou deixar você enterrar isso
Eu não vou deixar você asfixiar isso
Eu não vou deixar você assassinar isso

Nosso tempo está acabando
E nosso tempo está se esgotando
Você não pode empurrá-lo subterrâneo
Nós não podemos parar isso gritando fora

que eu queria liberdade,
Bound e restrito
Eu tentei desistir de você
Mas estou viciado

Agora que você saiba que eu estou preso
Senso de exaltação
Você nunca sonha em quebrar essa fixação
Você vai espremer a vida fora de mim

Enterre-
me não vai deixar você enterrar isso
Eu não vou deixar você asfixiar isso
Eu não vou deixar você assassinar isso

Nosso tempo está acabando
E nosso tempo está se esgotando
Você não pode empurrá-lo subterrâneo
Nós não podemos parar isso gritando

Como se chegou a este
yayayayayaya Ooooh
Ooooh yayayayayaya
Ooooh yayayaya oooohh

Você vai sugar a vida fora de mim

Bury que
eu não vou deixar você enterrar isso
Eu não vou deixar você asfixiar isso
Eu não vou deixar você assassinar isso

Nosso tempo está acabando fora
E o nosso tempo está se esgotando
Você não pode empurrá-lo subterrâneo
Nós não podemos parar isso gritando

Como se chegou a esta
yayayayayaya O

Anúncios