olá galerinha que amo..

Bem com o feriado e nada para fazer consegui adiantar um pouco então para vocês que estão amando Paixão em Forks

ai vai dois capítulos, isso este e mais outro espero que gostem…

6.Fuga

POV Bella

Pela manha acordei cedo, tomei outro banho, quando fui para cozinha Charlie já tinha saído para o trabalho.

Minha mente não conseguia parar de pensar em Edward Cullen, decidi sair cedo, quando cheguei ao estacionamento era só meu carro, decidi ler mais uma vez Romeu e Julieta, na próxima semana faria um trabalho sobre o livro.

Aos poucos o estacionamento ficou cheio, quando avistei a Mercedes vermelha chegando, mas nada do volvo.

Jessica encostou seu carro ao meu lado e me disse um oi meio azedo, Já Ângela quando seu pai a deixou ela veio direto me cumprimentar.

-Oi Bella, como passou a noite?

-Muito Bem.

Ângela era uma menina doce e delicada, nunca invadia a privacidade de ninguém.

Estávamos ali paradas ao lado da Picape, ela me contava como estava difícil dormir a noite desde o nascimento dos seus irmãos gêmeos.

Mike chegou ao estacionamento com o som alto e No banco do carona seu amigo Bem, logo que desceram vieram em nossa direção.

-E ai gatinhas, como vão? Bem chegou colocando o braço no ombro de Ângela, que corou imediatamente.

-Olá Bella!!! Mike chegou animado e repetiu o gesto de bem, só que em meu ombro.

-Oi Mike, qual é o motivo da animação? – ele estava irradiando felicidade-

– Só de ver sua beleza é motivo parar me animar. _ Cantada barata de novo._

-Pare com isso seu bobo, qual é real?

-você s estão diante do novo capitão dos Spartamos.

-Cara fala sério!!!!! – Bem se animou, é bem coisa de menino essa coisa de esportes. –

– O treinador me ligou ontem, e agora Bella eu vou ser o “Cara”, vou ter que arrumar uma gata a altura. – Ele me olhou sugestivamente. –

-Boa sorte para você, acho que vai achar.- cortei legal.

-Que acham de sairmos comemorar no sábado?- Mike, se desviou do corte, mas continuava mantendo seu braço em meu ombro.

-E aonde podemos ir? Bem perguntou.

-Vou pensar em algo agora vamos entrar. – Já era hora de entrara em sala.

Dei uma breve olhada no estacionamento e nada do volvo.

Na primeira aula decidi puxar assunto com Jessica, resolvi falar do passeio para ela se animar.

-Ei Jessica, soube da novidade?

-Qual? – ela me olhou com mau humor.-

-O Mike é novo capitão do time.

– Sério???? Como você soube antes de mim?

-Hoje no estacionamento. – ela ficou chateada de ser informada da fofoca depois, então tentei anima La.

-Sabe ele vai querer comemorar e vai organizar um passeio, você vem??

-Sério. Que legal, e aonde vamos-  consegui !

-Não sei, ele vai pensar, vai ser sábado.

A aula passou normalmente e Jessica passou novamente ao modo tagarela, falando de sábado sem nem saber aonde seria o passeio.

No intervalo dei uma breve olhada e nada dele somente seus irmãos estavam na mesa.

– Na aula de biologia fiquei sozinha.

Na educação física, Jessica não desgrudou de Mike, acho que ele já estava arrumando sua gata.

Chegando a casa e o padrão da rotina já se formava, hoje dormi cedo, e sonhei somente com Edward.

A semana se passou e ele não apareceu na escola.

Na sexta feira quando saia para o estacionamento uma estranha mão me pegou no ombro, me fazendo pular.

-oi desculpa se te assustei

–oi,

-Bella gostaria de falar com você.

Alice irmã de Edward nunca me dirigiu a palavra, mas hoje ela parecia aflita.

– pode falar

-Mas não pode ser aqui, podemos ir a sua casa?

-Claro.

-Me da uma carona?

-vamos

Pelo caminho ela não disse nenhuma palavra olhava pela janela como se estivesse bem distante.

Entremos em casa a convidei a sentar.

-você quer alguma coisa? Um suco água?

-não obrigada

– então o que você queria falar?

-é sobre Edward Bella.

meu coração disparou,

– o que aconteceu?

-Bella, Edward sumiu.

-Sério, vocês já avisaram a policia?

-calma Bella não é bem assim ele não esta em perigo.

-como você sabe, podemos ligar para meu pai ele Poe todos atrás dele agora.

-calma Bella, a única que pode trazer Edward é você.

Pov Edward

Como poderia imaginar ter algo como uma humana, mas essa vontade louca de agarra-la possui La a qualquer momento, como continuar aqui com esse desejo eu tenho que me afastar.

Peguei o celular

-Oi Edward, volte para casa Esme esta preocupada.

-Alice você deve ter visto aonde vou então só avise os outros eu mantenho contato.

-Edward não adianta, eu ainda vejo você com ela, naquela promiscuidade.

Desliguei o telefone e segui rumo à casa de nossas primas Tânia e Kate.

-oi Edward quanto tempo?

-Oi Tânia eu vim passar uns tempos.

A semana foi de vagar não havia muitas distrações e estava entediado, sentado na neve observando o crepúsculo chegar.

Quando senti que alguém se aproximava e logo seus pensamentos a denunciaram.

-Tania, não adianta você sabe que não dá.

– mas Edward antes nós se divertíamos tanto.

-antes Tânia, não seria justo com você agora.

-há Edward eu não ligo.

-mas eu sim. Não seria justo comigo também.

-Edward, pode ser como sempre foi sem culpa.

-Só que as circunstâncias são outras.

-é por causa da garota humana que você contou?

-tem haver sim com ela.

-Então porque fugiu.

-ela não merece um monstro assassino.

Tânia se aproximou e continuou com seus pensamentos sem pudor nenhum, colocou sua mão em meu cabelo e começou a acaricia.

-há Edward, sabe que devemos nos distrair parar esquecer-se de lembranças ruins.

Ela falou isso, e rapidamente colou sua boca na minha, a empurrei.

-Pare Tânia, sua Irma.

-Kate foi caçar com Laurent e talvez ate fazer algo mais, que nós podemos fazer também.

Tânia era uma vampira linda tinha  cabelos loiros, corpo escultural, mas nunca me senti atraído emocionalmente por ela .

-vamos Edward só uma vez.

Com seus pensamentos obscenos fiquei realmente excitado, foi então que a agarrei ali mesmo na neve, o frio não nos incomodava.

Eu mordia seus seios enquanto ela cravava suas unhas cumpridas pintadas de vermelho em minha costas, eu desci  ate sua região intima e com a língua estimulei seu clitóris a deixando em puro extasse e como todos de nossa espécie isso a levou ao delírio, ela me puxou rapidamente ficando em uma posição em que ela fizesse o mesmo enquanto eu ainda a lambia e chupava , ali na neve em 69, ela colocava meu membro em sua boca e o sugava com impetuosidade., rapidamente percebendo que eu quase alcançava o ápice ela com sua força e velocidade colocou-se em cima de mim em um único movimento meu membro estava dentro dela,

Quando eu estava quase gozando percebi que a todo momento eu não tinha Tania em minha mente e sim Bella, e quando gozei soltei um  rosnado e seu nome.

-Há Bella!!!!

Foi o que bastou, Tânia em único movimento se pós de pé recolheu suas roupas e entrou  dentro de casa batendo a porta.

Bem que eu tentei avisar!!!

Tania passou o resto da tarde me insultando e praguejando em pensamento.

A  noite de sexta estava apenas começando quando meu telefone tocou com um numero estranho.

Eu não atendi , parou de tocar em seguida uma mensagem chegou.

“Atenda o telefone Edward quero falar com você. É A Bella”

Seria mesmo possível?  Ou Alice estaria usando de artimanhas para falar comigo.

Quando o mesmo numero ligou atendi, e meu coração quase pulou era a voz mais linda e sensual que ouvi.

-Alo

-Alo, Oi  Edward,é a Bella.

Anúncios